Brasília, 20 de outubro de 2018 - 21h48

Brasil manda mais 900 militares ao Haiti

03 de fevereiro de 2010
por: InfoRel

Na próxima semana, 900 militares, sendo 809  do Exército, 90 Fuzileiros Navais e um oficial da Força Aérea Brasileira, seguem para reforçar o contingente brasileiro na Minustah.



De acordo com o Almirante Paulo Zuccaro, Subchefe de Comando e Controle do Estado-Maior de Defesa, “a nossa intenção é colocar o novo contingente na máxima brevidade. Até porque, se não tivéssemos o compromisso de nos mobilizar rápido, não teríamos aprovação da ONU para o emprego desses militares”.



O governo informou ainda que desde o dia 13, a Força Aérea Brasileira já realizou 60 missões para o Haiti e transportou 56 toneladas de água, 225 toneladas de medicamentos e pelo menos mil pessoas.



O Brasil também organizou um banco de dados sobre as doações de alimentos, medicamentos e outros itens recebidos pelo governo com destino ao Haiti.



O embaixador do Brasil em Porto Príncipe, Igor Kipman pode consultá-los on-line assim como os ministérios da Saúde e Relações Exteriores, a Defesa Civil e o Gabinete de Segurança Institucional.



Desta forma, o país pode otimizar o envio das doações de acordo com as necessidades locais.



“Tudo o que foi doado vai chegar ao Haiti. A nossa prioridade é enviar as doações no momento oportuno e fazê-las chegar com eficiência aos haitianos”, afirmou Paulo Zuccaro.

Assuntos estratégicos

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...