Cooperação
26/11/2008
Venezuela fortalece defesa com apoio russo
27/11/2008

Brasil não acredita em calote do Equador

Brasil não acredita em calote do Equador

Nesta terça-feira, o embaixador do Brasil em Quito, Antonino Marques Porto, afirmou em audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), do Senado, que o Brasil não acredita em calote do Equador quanto ao empréstimo de US$ 243 milhões tomados do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para a construção da Usina Hidrelétrica de San Francisco.

Marques Porto esclareceu que o Equador já pagou uma parcela de US$ 15 milhões e que a próxima, no valor de US$ 28 milhões, vence em 29 de dezembro.

O governo do Equador assegurou que vai honrar os pagamentos até que a Corte Internacional de Arbitragem da Câmara de Comércio Internacional, em Paris, decida o impasse.

Os senadores também vão ouvir o diretor de Assuntos Internacionais da Odebrecht para esclarecer o que a empresa fez no Equador.

O embaixador explicou que o governo brasileiro recebeu a decisão do Equador com “desconforto e perplexidade”.

Embraer

O Assessor Internacional da Presidência, Marco Aurélio Garcia, negou que o governo brasileiro vá impedir a contratação de empréstimo no valor de US$ 261 milhões para o governo do Equador comprar 24 aeronaves Super Tucano, da Embraer.

Ele assegurou que não há nenhuma decisão neste sentido, mas que o Brasil vai reavaliar a implementação dos mais de 20 acordos de cooperação que o país mantém com o Equador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *