Brasília, 15 de outubro de 2018 - 21H44

Brasil pode resgatar reféns das Farc

18 de fevereiro de 2010
por: InfoRel

A libertação de dois militares reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) poderá contar com o apoio logístico do Brasil.



 



De acordo com o Secretário-Geral da Conferência Episcopal Colombiana, Monsenhor Juan Vicente Córdoba, a participação do Brasil foi aceita tanto pelo governo quanto pela guerrilha.



 



As Farc anunciaram há dez meses que pretendem libertar o cabo Pablo Emílio Moncayo e o soldado José Daniel Calvo, além do cadáver do capitão Julián Guevara, morto em cativeiro.



 



Moncayo é o refém mais antigo seqüestrado pelas Farc 12 anos atrás. Guevara morreu em janeiro de 2006 com oito anos de cativeiro.



 



O religioso informou ainda que a operação de resgate será coordenada pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha.



 



Em fevereiro do ano passado, o Brasil participou do resgate de quatro reféns da guerrilha.



 



A Cruz Vermelha informou que o país participará do resgate nas mesmas condições de 2009 quando o país cedeu três helicópteros e uma equipe de militares da Força Aérea e do Exército.

Assuntos estratégicos

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...