“A Questão Palestina e as Nações Unidas”
01/12/2009
A inserção internacional brasileira a partir dos a
01/12/2009

Brasil pode rever relações com Honduras

Brasil pode rever relações com Honduras

O assessor internacional da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, afirmou nesta terça-feira que o Brasil pode rever suas relações com Honduras depois de conhecer os dados finais da eleição realizada em 29 de novembro.

 

De acordo com Garcia, além dos números relativos à presença dos hondurenhos às urnas, o Brasil também aguarda um contato do presidente eleito, Porfirio Lobo, para repensar sua estratégia em relação ao país centro-americano.

 

Para o principal conselheiro de política externa do presidente Lula, Lobo também terá de reconhecer a Organização dos Estados Americanos (OEA), como instância legítima para o diálogo com a comunidade regional.

 

Em Portugal, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a reafirmar que não reconhecerá os resultados eleitorais nem a escolha de Porfirio Lobo.

 

Lula insiste que Manuel Zelaya seja restituído ao poder pelo menos até janeiro de 2010 quando assumiria o novo presidente.

 

De Tegucigalpa, Pepe Lobo mandou um recado: vai tentar quantas vezes forem necessárias até conseguir ser ouvido por Lula.

 

Também endereçou um recado ao venezuelano Hugo Chávez para que se afaste da política de Honduras.

 

Garcia criticou o presidente da Costa Rica, Oscar Árias que havia reclamado da postura brasileira de ignorar as eleições em Honduras e de reconhecer quase que isoladamente a eleição de Mahmoud Ahmadinejad, no Irã, apesar dos protestos que resultaram na morte de vários opositores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *