Diplomacia
06/03/2012
Defesa
06/03/2012

Energia Nuclear

Brasil poderá repetir Fukushima, alerta Greenpeace

Brasília – A Organização Não Governamental Greenpeace informou que a usina nuclear de Angra 3, no Rio de Janeiro, poderá converter o Brasil numa nova Fukushima, em alusão ao acidente nuclear japonês. A obra conta com recursos da Alemanha e créditos do banco espanhol Santander.

De acordo com o Greenpeace, as condições de segurança das instalações de Angra 3 são muito ruins e a possibilidade de um acidente nuclear é grande. A ONG se baseia num trabalho realizado por um especialista independente.

O estudo teria apontado que a localização da usina não é boa, o projeto está mal desenhado e a tecnologia é ultrapassada. Neste caso, poderia se repetir no Brasil o que aconteceu em março do ano passado no Japão.

Angra 3 teve as obras retomadas em 2008, mas não houve atualização do projeto para impedir riscos de acidentes.

Nesta semana, o governo alemão deve aprovar um crédito de 1,3 bilhão de euros para a conclusão da usina.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) também participa do financiamento de Angra 3.

O Greenpeace defende que Angra 3 seja fechada e que a Alemanha corte a cooperação nuclear com o Brasil.

Nesta segunda-feira, 5, a presidente Dilma Rousseff iniciou visita de dois dias à Alemanha e se reuniu com a chanceler Ângela Merkel.

Não consta que irão tratar desse assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *