Brasília, 13 de novembro de 2018 - 01h43

Brasil preocupado com Honduras e Venezuela

28 de janeiro de 2010
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, afirmou nesta quinta-feira em Davos, que o Brasil poderá rever as relações com Honduras a partir da posse do presidente Porfírio Lobo.



Amorim elogiou o presidente pelas negociações que permitiram o salvo-conduto ao presidente deposto Manuel Zelaya.



Por enquanto, o governo brasileiro considera ilegítima a eleição de Lobo.



As relações diplomáticas entre Brasil e Honduras estão rompidas desde junho do ano passado. Todos os acordos de cooperação foram congelados e o governo brasileiro também cancelou o repasse de recursos.



Na avaliação de Celso Amorim, os avanços conquistados pelo presidente Porfírio Lobo devem ser ampliados com o objetivo de pôr fim à instabilidade política e social hondurenha.



“O fato de o presidente Lobo ter ido buscar o presidente Zelaya na embaixada brasileira é um indicativo de uma atitude conciliatória”, afirmou.



Manuel Zelaya ficou abrigado 126 dias na embaixada do Brasil em Tegucigalpa e desde novembro, quando foi eleito, Porfírio Lobo negocia uma saída para a crise.



As negociações com Roberto Micheletti e Manuel Zelaya incluiu o presidente da República Dominicana, Leonel Fernández.



Venezuela



O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, reconheceu que o Brasil está preocupado com uma possível crise institucional na Venezuela e os protestos contra o presidente Hugo Chávez.



Ainda assim, disse esperar que a situação se normalize nos próximos dias.



Para o ministro, as manifestações podem ter como pano de fundo as eleições legislativas que serão realizadas no segundo semestre.



Chama a atenção do governo brasileiro a substituição de vários ministros e assessores do presidente Chávez nos últimos dias.



As informações que chegam de Caracas dão conta que os protestos estão se intensificando com a participação de estudantes, jornalistas, professores e entidades da sociedade civil.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...