Brasília, 18 de dezembro de 2018 - 10h16

Cúpula das Américas

11 de abril de 2015
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Marcelo Rech, especial da Cidade do Panamá



Em sua participação na VII Cúpula das Américas, a presidente Dilma Rousseff saudou a aproximação entre Cuba e os Estados Unidos, mas condenou as sanções aplicadas pelos Estados Unidos contra sete funcionários venezuelanos. Segundo ela, “celebramos, aqui e agora, a iniciativa corajosa dos presidentes Raúl Castro e Barack Obama de restabelecer relações entre Cuba e Estados Unidos, pondo fim a este último vestígio da Guerra Fria na região”.



Ela reconheceu ainda o papel desempenhado pelo Papa Francisco, pela contribuição para que essa aproximação se desse. “Com o aplauso de todos os líderes presentes neste encontro, os dois presidentes deram uma primeira prova do quanto se pode avançar quando aceitamos os ensinamentos da História, deixando de lado preconceitos e nocivos antagonismos, que tanto afetaram nossas sociedades”.



Para Dilma Rousseff, o próximo passo é pôr fim ao “anacrônico embargo – que, há mais de cinco décadas, vitima o povo cubano e enfraquece o sistema interamericano”.



Em relação à Venezuela, a presidente foi taxativa: “o bom momento das relações hemisféricas já não admite medidas unilaterais e políticas de isolamento, em geral contraproducentes e ineficazes. Por isso, rechaçamos a adoção de sanções contra a Venezuela”, afirmou.



Na sua avaliação, o atual quadro nesse país requer moderação e aproximação de posições de todas as partes. Segundo ela, “é com esse propósito que a UNASUL trabalha para acompanhar e apoiar o diálogo político entre o governo e a oposição na Venezuela, buscando contribuir para o pleno respeito, por todos, ao Estado democrático de Direito e à Constituição do país”.



Após defender a libertação dos presos políticos naquele país em uma entrevista concedida no Brasil, esperava-se que a presidente reafirmasse a posição durante sua participação na sessão de trabalhos, mas ela não fez qualquer referência ao tema.


Assuntos estratégicos

Senado aprova projeto de combate ao Terrorismo e à lavagem de dinheiro

Senado aprova projeto de combate ao Terrorismo e à lavagem de dinheiro

Brasília – O Senado aprovou nesta quarta-feira, 12, o projeto de lei da senadora Ana...
Foz do Iguaçu terá sistema pioneiro de migração fronteiriça

Foz do Iguaçu terá sistema pioneiro de migração fronteiriça

Brasília - A fronteira de Foz do Iguaçu com a Argentina será a primeira do...
Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Brasília – O Projeto de Lei que proíbe a concessão de visto e determina a...
Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasília – O governo federal, por meio da Agência Espacial Brasileira (AEB) quer...
Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...