Brasília, 10 de dezembro de 2018 - 07h59

Brasil sediará Cúpula do Mercosul com a presença d

06 de novembro de 2012
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - No dia 7 de dezembro, a presidente Dilma Rousseff comandará a Cúpula dos Chefes de Estado do Mercosul, em Brasília. Participarão os presidentes Hugo Chávez (Venezuela), José Pepe Mujica (Uruguai) e Cristina Kirchner (Argentina). O Paraguai, ainda suspenso do bloco, não participará.



De acordo com o governo brasileiro, com o ingresso da Venezuela, o Mercosul passou a contar com 270 milhões de habitantes, o equivalente a 70% da população da América do Sul, e a ter o Produto Interno Bruto (PIB) a preços correntes de US$ 3,3 trilhões.



A agenda do encontro prevê a conclusão dos procedimentos técnicos, como a nomenclatura, para que a Venezuela preencha todas as condições para manter o intercâmbio comercial no grupo.



Na semana passada, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, esteve em Caracas e se reuniu com o presidente Hugo Chávez e o chanceler e vice-presidente, Nicolás Maduro.



Chávez demonstrou entusiasmo com as previsões de crescimento econômico não só da Venezuela, mas também do Mercosul como um todo. Segundo ele, há indicações de que a taxa de crescimento na Venezuela deverá ficar acima de 5%.



O presidente venezuelano lembrou que a inflação em outubro foi menor do que a de setembro. Chávez afirmou ainda que o nível das dívidas interna e externa da Venezuela é um dos mais baixos entre os países do Mercosul.



A Venezuela é um dos principais parceiros comerciais do Brasil na América do Sul. Em 2011, o intercâmbio comercial registrou a cifra recorde de US$ 5,86 bilhões. Desde 2003, o comércio bilateral quintuplicou, sendo o Brasil o terceiro principal exportador para a Venezuela.



A adesão do país vizinho transformou a área total do Mercosul em um território de 12,7 milhões de quilômetros quadrados, o equivalente a 72% da área da América do Sul, estendendo-se da Patagônia ao Caribe e consolidando o bloco como potência energética global, informou o Itamaraty.

Assuntos estratégicos

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...