Brasília, 23 de outubro de 2018 - 01h19
Brasil suspende importação do leite uruguaio e congresso daquele país reage

Brasil suspende importação do leite uruguaio e congresso daquele país reage

11 de outubro de 2017
por: InfoRel
A decisão do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, de suspender as licenças de importação do leite do Uruguai até que se comprove que 100% do volume comprado é produzido no país provocou reações no Congresso uruguaio que convocou os ministros da Agricultura e das Relações Exteriores para prestarem esclarecimentos a respeito do assunto.

De acordo com o governo brasileiro, produtores, sindicatos e associações têm reclamado muito da quantidade de leite importado e entendem que a produção uruguaia seria insuficiente para exportar o produto nas quantidades exigidas pelo Brasil. Maggi anunciou a decisão em audiência com representantes da Frente Parlamentar do Agronegócio, na Câmara dos Deputados.

Ele revelou ainda que o Brasil deverá negociar cotas de importação como já faz com a Argentina. No entanto, reconheceu que “o Uruguai não se sente cômodo em fazer isso, mas esta é uma necessidade do mercado brasileiro”, explicou. Em comunicado, o ministério da Agricultura afirma que “há uma medida mais drástica no horizonte” que representaria a decisão de retirar o leite do acordo do MERCOSUL. Maggi confirmou que a possibilidade é analisada pelo governo brasileiro por conta dos altos custos que tornam a concorrência inviável.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que há mais de um milhão de produtores de leite no Brasil, em sua maioria, agricultores familiares e pequenos agricultores. Neste ano, o Brasil comprou 86% da produção de leite em pó uruguaio e 72% integral. Apenas no primeiro semestre foram  importadas 41.811 toneladas de leite em pó uruguaio.

Na próxima semana, os ministros das Relações Exteriores, Rodoldo Nin Novoa, e da Agricultura, Tabaré Aguerre, terão de prestar contas à Comissão de Gado, Agricultura e Pesca da Câmara dos Deputados. O deputado nacionalista Alejo Umpiérrez reconheceu que os produtores uruguaios estão “à beira de um ataque de nervos”. Segundo ele, “a decisão do Brasil pegou à todos de surpresa”.

Assuntos estratégicos

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...