Defesa

Grupo de Trabalho vai regulamentar a Lei de Acesso
10/01/2012
Peru destaca apoio da Venezuela para projetos petr
13/01/2012

PROANTAR

Brasil usa biocombustível na Antártica

Brasília – Em comemoração aos 30 anos da presença brasileira na Antártica, o Brasil vai iluminar a Estação Comandante Ferraz com um motogerador a etanol numa parceria com a Vale Soluções em Energia e a Petrobras. O ministro da Defesa, Celso Amorim, está na estação para inaugurar o sistema.

De acordo com o ministério da Defesa, o motogerador a etanol tem capacidade para suprir toda a energia necessária às operações e aos programas científicos realizados na estação brasileira.

O Brasil pretende manter o motogerador em uso permanente, dando início ao programa científico que faz do Brasil o primeiro do mundo na utilização de biocombustível para a produção de energia naquele continente.

Celso Amorim destacou que a iniciativa coloca o Brasil em destaque no cenário tecnológico justamente em 2012, declarado pela ONU como o “Ano Internacional de Energia Sustentável para Todos”.

Motogerador

O motogerador a etanol brasileiro foi desenvolvido com tecnologia 100% nacional e gera energia limpa, sem qualquer tipo de aditivo, a partir de um sofisticado equipamento de controle e comando via internet. A tecnologia foi desenvolvida pela VSE, uma empresa da Vale e do BNDES.

A Petrobras fornece 350 mil litros de etanol, idêntico ao utilizado nos veículos nacionais, e fará o acompanhamento tecnológico para validar a utilização do biocombustível em condições climáticas severas.

O ministério da Defesa informou que o projeto é beneficiado pela Lei da Inovação, por meio da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), que promove e incentiva o desenvolvimento de produtos e processos inovadores voltados para atividades de pesquisa.

O equipamento e o biocombustível partiram em outubro do Brasil para a Antártica no navio de Pesquisas Oceânicas Ary Rongel. Uma equipe de engenheiros brasileiros seguiu para o continente logo depois para realizar as instalações e os testes necessários ao funcionamento do equipamento.

Nos próximos 12 meses, o motogerador vai operar em total sincronismo com os motogeradores já existentes a diesel, preservando o parque energético atual como uma medida adicional de segurança.

Estação Antártica

A estação brasileira operada pela Marinha foi instalada na Baía do Almirantado, na Ilha Rei George, em 1984. Em 1986, passou a ser ocupada anualmente e guarnecida por militares da própria força e pesquisadores.

Com capacidade para acomodar até 58 pessoas, a estação possui laboratórios destinados às ciências biológicas, atmosféricas e químicas.

A partida na operação do motogerador a etanol é um dos eventos que marcam os 30 anos do Programa Antártico Brasileiro (Proantar), gerenciado pela Marinha por meio da Secretaria da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (SECIRM).

Criado em janeiro de 1982, o Proantar tem realizado importantes pesquisas científicas em diversas áreas de conhecimento, fortalecendo o papel do Brasil como membro consultivo do Tratado da Antártica, o que garante ao país participar de todos os processos decisórios relativos ao continente.

O ministro Celso Amorim está na Antártica acompanhado do Comandante da Marinha, Julio Soares de Moura Neto, e do Comandante da Aeronáutica, Juniti Saito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *