Brasília, 13 de novembro de 2018 - 01h40

Solidariedade

14 de maio de 2012
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - O governo brasileiro vai doar US$ 7,5 milhões para a Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados Palestinos (UNRWA), o que representa um aumento de 700% na contribuição brasileira em relação a 2011. Com isso, o Brasil se torna o maior doador da UNRWA entre os países dos BRICS e da América Latina.



De acordo com a ONU, os recursos serão utilizados nas ações de saúde, educação e programas sociais na Faixa de Gaza.



Em 2010, o Brasil contribuiu com US$ 200 mil para o orçamento do programa principal e mais US$ 500 mil para a reconstrução do campo de refugiados de Nahr el-Bared, no norte do Líbano.



No ano passado, a contribuição brasileira saltou para US$ 960 mil com ênfase na ajuda alimentar e atividades educacionais em Gaza.



A contribuição de 2012 irá alimentar 106 mil refugiados palestinos que vivem na extrema pobreza, além de permitir o acesso à educação de 1,8 mil crianças e cuidados de saúde básica para 1,2 milhão de palestinos em 20 unidades de saúde localizadas na Faixa de Gaza.



O compromisso foi formalizado nesta segunda-feira, 14, em Jericó, Cisjordânia, pela representante brasileira para a Autoridade Palestina, Ligia Maria Scherer, e o Comissário-Geral da UNRWA, Filippo Grandi.



Segundo Ligia Maria Scherer, "por meio de seu compromisso, experiência e abordagem prática em lidar com os problemas que afetam os refugiados palestinos, a UNRWA tem sido um parceiro inestimável da comunidade internacional."



Na avaliação de Grandi, "o Brasil tem liderado o caminho dos BRICS para apoiar o trabalho da UNRWA na área de desenvolvimento humano, que ajuda a criar oportunidades e melhorar a vida dos refugiados palestinos tanto em Gaza como em toda a região. Estou particularmente satisfeito que esta contribuição é para o nosso orçamento básico, o que permitirá a UNRWA fornecer serviços essenciais para alguns dos mais pobres e mais desfavorecidos no Oriente Médio."



Filippo Grandi deverá vir ao Brasil em agosto para agradecer ao governo brasileiro pela doação e discutir mecanismos que permitam desenvolver parcerias com o governo e a sociedade civil no auxílio aos refugiados palestinos.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...