Brasília, 12 de dezembro de 2018 - 06h52

Brasil vai financiar porto em Cuba

10 de julho de 2009
por: InfoRel
Compartilhar notícia:
O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, anunciou nesta quinta-feira, que o Brasil vai financiar as obras de modernização do porto cubano de Mariel, distante 45 km de Havana.

Ele explicou que serão aplicados US$ 300 milhões que já haviam sido liberados pelo governo brasileiro para obras viárias em Cuba. Os recursos serão remanejados para o porto atendendo um pedido feito pelo governo cubano.

Segundo Miguel Jorge, Cuba se insere de maneira muito forte na estratégia brasileira de aproximação com os paà­ses do Caribe, América Latina e àfrica e destacou as oportunidades de aumento do comércio bilateral.

Além da visita à  cidade de Mariel, Miguel Jorge foi recebido pelos ministros da Informática e das Comunicações, Ramiro Valdés; da Indústria Alimentà­cia, Marà­a del Carmen Concepción González; e de Ciência e Tecnologia e Meio Ambiente, José Miyar Barruecos.

A delegação chefiada pelo ministro foi composta pelo presidente da ABDI, Reginaldo Arcuri, e por representantes da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e de 14 empresas brasileiras das áreas de energia, construção, alimentação, siderurgia e medicamentos.

Análise da Notà­cia

Desde que assumiu pela primeira vez, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou claro que sua polà­tica externa seria pro-ativa e integracionista.

Com isso, o paà­s logrou um protagonismo importante no cenário internacional.

Dà­vidas foram perdoadas, acordos para empresas brasileiras atuarem no exterior, foram firmados e recursos públicos direcionados em socorro à  emergências, como quando Cuba foi atingida por furacões no ano passado.

No entanto, há sempre uma dúvida permeando as mentes mais reflexivas deste paà­s.

Os micro e pequenos empresários enfrentam verdadeiras batalhas para poder manter seus negócios. Além da indecente carga tributária, são submetidos à  burocracia que impede a concessão de crédito e financiamento.

E estamos falando de empresas que geram riquezas e postos de trabalho, no Brasil.

Por outro lado, liberar US$ 300 milhões para Cuba ocorre quase que num passe de mágica.

Aqui, nossas estradas estão sucumbido.

Pagamos impostos que nunca retornam em serviços prestados.

Convivemos com uma máquina estatal que direciona recursos de acordo com interesses polà­ticos, e ainda ouvimos que não se tem dinheiro para isso ou aquilo.

Se analisarmos ainda mais detidamente o conteúdo desta informação, vamos ver que a infra-estrutura cubana será recuperada com o nosso dinheiro enquanto os nossos portos e a nossa infra-estrutura ficam na propaganda e no marketing de um PAC que é mais ficção que realidade.

Nada contra ajudar paà­ses irmãos, mas é muito complicado entender e aceitar isso quando aqui, ainda vivemos uma realidade terceiro-mundista.

Assuntos estratégicos

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...