Livro Branco
30/03/2011
Brasil e Bolívia firmam cooperação para o combate
30/03/2011

Brasil vai reduzir importação de gás da Bolívia

Brasil vai reduzir importação de gás da Bolívia

O governo boliviano está preocupado com a possibilidade de redução pelo Brasil da importação de gás natural, principal produto da pauta de exportações do país.

 

Até 2015, a redução poderá chegar aos 23% ou cerca de 30 milhões de metros cúbicos de gás por dia. O Brasil aposta na produção de gás a partir das reservas do pré-sal.

 

O embaixador do Brasil em La Paz afirmou que o país vai respeitar o acordo em vigor e que se houver necessidade de aumentar a importação, poderá fazê-lo.

 

Recentemente, Marcel Biato explicou que não há interesse em aumentar a importação do gás boliviano.

 

Para o governo da Bolívia, quando o Brasil anuncia que não pretende aumentar as importações de gás, o que está realmente querendo dizer é que vai reduzi-las.

 

A Bolívia já estuda buscar novos mercados para o gás. Paraguai e Uruguai são considerados mercados-chave na América do Sul.

 

Este ano, a Petrobrás reduziu consideravelmente as importações de gás afetando a produção de combustíveis líquidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *