Brasília, 12 de dezembro de 2018 - 06h53

Diplomacia

27 de junho de 2016
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - O Brasil votou contra a Venezuela em reunião do Conselho Permanente da Organização dos Estados Americanos (OEA), nesta quinta-feira, 23, em Washington. Caracas pretendia evitar a reunião em que o Secretário-Geral da entidade, Luis Almagro, apresentou seu informe sobre a situação político-econômica daquele país. Paralelamente, o presidente Michel Temer ofereceu ajuda humanitária à Venezuela e o envio de medicamentos depende apenas da aceitação pelo presidente Nicolás Maduro, que não reconhece o novo governo brasileiro.



Em mais um gesto nesta direção, também nesta quinta-feira, 23, o embaixador da Venezuela no Brasil, Alberto Castellar, não compareceu à cerimônia de entrega de suas cartas credenciais. Esta foi a segunda vez que Castellar ignorou o convite feito pelo Itamaraty. A primeira foi em maio depois que o Senado admitiu o processo de impeachment contra Dilma Rousseff quando ele chegou a ser convocado para consultas pelo presidente Maduro.



Michel Temer também manifestou preocupação com a situação política e econômica naquele país e afirmou que a ajuda huminatária oferecida depende apenas do presidente venezuelano para ser enviada. A ajuda oferecida, de acordo com o Planalto, considera a grave situação de desabastecimento. O ministro das Relações Exteriores, José Serra, informou que a ideia é fornecer remédios básicos, como anti-hipertensivos e contra a diarreia infantil, alguns deles produzidos em laboratórios públicos.



Segundo ele, “uns 15 medicamentos que pudéssemos doar em grande quantidade. E a ideia é fazê-lo através da associação Caritas, que é da igreja católica e tem 40 pontos de distribuição dentro da Venezuela”, afirmou. “É um país que nos preocupa muito hoje pelas nossas relações tradicionais de amizade, somos vizinhos”, disse Serra.



Ele explicou ainda que a ação está organizada pelo lado brasileiro e que espera agora a anuência do governo venezuelano. “É uma iniciativa, ao meu ver, muito importante do governo Temer e eu espero que a gente possa concretizar no curtíssimo prazo”.



O Itamaraty não comentou a decisão do Embaixador da Venezuela de não comparecer à cerimônia no Palácio do Planalto.


Assuntos estratégicos

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...