Brasília, 10 de dezembro de 2018 - 01h16

Aeronáutica

09 de maio de 2017
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília – O Alto Comando da Aeronáutica discutiu as prioridades da Força Aérea Brasileira (FAB) nesta terça-feira, dia 2, em reunião com a deputada Bruna Furlan (PSDB-SP), presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN) da Câmara dos Deputados. “Quero poder, nesse momento, por meio do meu trabalho, contribuir para que a FAB desenvolva seus projetos com maior rapidez, maior agilidade, a serviço do Brasil e dos brasileiros”, afirmou a parlamentar.



Na oportunidade, a deputada assegurou o seu empenho em manter os projetos da Força Aérea Brasileira (FAB), como o desenvolvimento dos aviões Gripen NG e KC-390, dentro do orçamento do Governo Federal. Bruna Furlan assumiu o compromisso de estudar formas de reforçar o aporte de recursos para os dois programas, inclusive por meio de emendas parlamentares, de bancada ou da Comissão.



No encontro, o Comandante da Aeronáutica, Brigadeiro Nivaldo Rossato, também confirmou presença em audiência pública a ser realizada pela CREDN no dia 17 de maio, para expor as principais demandas da Força Aérea. O evento atende a requerimento da deputada. Até o final do mês, os comandantes da Marinha e do Exército serão igualmente recebidos na Comissão para que a CREDN tenha um diagnóstico claro e atualizado da situação das Forças Armadas.



Segundo Bruna Furlan, “é importante que haja bom entendimento entre o Parlamento e as Forças Armadas. A Aeronáutica é motivo de muito orgulho, satisfação e nós, parlamentares, queremos contribuir para o desenvolvimento dos Projetos Estratégicos do Brasil”, destacou.



Durante o encontro, o Brigadeiro Rossato detalhou o processo de reestruturação que vem sendo implementado pela Força Aérea, que prevê a redução de 25% do efetivo em 20 anos e envolve a segmentação das áreas operacional e administrativa, com objetivo de especializar os militares, e a interiorização das bases operacionais. De acordo com ele, “se otimizarmos o nosso efetivo, colocamos mais recursos na atividade-fim”, garantiu.



Força Aérea Brasileira receberá toda a atenção da CREDN, afirma Bruna Furlan



Os projetos e programas implementados pela Força Aérea Brasileira (FAB) receberão toda a atenção da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN) da Câmara dos Deputados, afirmou nesta terça-feira, dia 25, a presidente do Colegiado, deputada Bruna Furlan (PSDB-SP), em reunião com a Assessoria Parlamentar da Aeronáutica (ASPAER).



Ela destacou, também, a importância dos deputados se envolverem mais na discussão de soluções para a retomada ou manutenção de projetos como o desenvolvimento do cargueiro KC-390, uma aeronave que pode inserir o Brasil em um mercado de US$ 2 bilhões com a comercialização de até 500 unidades nos próximos anos.



“É fundamental discutirmos como impedir que projetos como esse sofram cortes de recursos ou atrasos que comprometam a sua viabilidade econômico-comercial. Por isso, o Comandante da Aeronáutica virá à CREDN para explicar quais são as principais necessidades neste momento para que a Força Aérea continue literalmente voando”, afirmou Bruna Furlan.



A deputada disse ainda que ao discutir o Orçamento para 2018 e a destinação de emendas da Comissão e individuais, buscará sensibilizar os colegas para que aportem recursos para os programas que já estão em fase avançada de desenvolvimento.



“Não podemos permitir que simplesmente sejam cancelados. O Brasil precisa de uma Força Aérea em condições de operar em todo o território nacional e sabemos que o Comando da Aeronáutica já está implementando um programa de modernização de suas unidades para adaptar-se ao momento difícil. No entanto, são os aviões da FAB e os radares em nossas fronteiras que impedem o aumento da criminalidade interna, do contrabando de armas e as ações do narcotráfico e do crime organizado em geral”, advertiu.



Bruna Furlan também se mostrou preocupada com o andamento do programa de aquisição do caça Gripen pela FAB. De acordo com a deputada, “faremos todo o possível para assegurar que não faltem os recursos necessários para esse projeto e que o país possa contar com uma aviação de caça em condições de proteger o nosso espaço aéreo”.


Assuntos estratégicos

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...