Defesa

Idioma
05/08/2005
Espaço Aéreo
05/08/2005

Estados Unidos

Câmara vai discutir militarização da Tríplice Fronteira

Apesar da Constituição brasileira primar pela autodeterminação dos povos e pela não-ingerência, a Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional aprovou nesta quarta-feira, requerimento da deputada Maninha [PT-DF] para que seja realizada audiência pública sobre a militarização da Tríplice Fronteira.

A região fronteiriça entre Argentina, Paraguai e Brasil é tida pelo governo dos Estados Unidos como reduto de terroristas e árabes que financiam os grupos extremistas que atuam no Oriente Médio.

A deputada pediu que os ministros da Defesa, José Alencar, e das Relações Exteriores, Celso Amorim, expliquem a posição brasileira em relação a uma possível instalação militar norte-americana no Paraguai.

Como não se trata de convocação, os ministros poderão definir a data para o debate. O governo paraguaio desmentiu que haja qualquer negociação com os Estados Unidos neste sentido.

Paraguai e Estados Unidos mantém um acordo de cooperação militar que prevê a presença de soldados norte-americanos naquele país até dezembro de 2006, mas seria para fornecer treinamento aos militares paraguaios e para ajuda humanitária.

Segundo Maninha, “a perspectiva de criação de uma base militar dos Estados Unidos em território paraguaio deve ser vista com reservas pelo Brasil, num contexto que leve em conta nossa segurança externa como país soberano”.

Várias entidades civis da Argentina, Equador e Bolívia têm exigido a atenção de seus governantes em relação à presença militar dos Estados Unidos na América do Sul. Para o ministério da Defesa, essa possibilidade, se concretizada, não ameaça a soberania brasileira.

“É necessário que os ministros das pastas relacionadas à questão prestem informações sob a ótica brasileira, e tendo em vista a nossa soberania e a preservação da segurança de todo o Cone Sul”, concluiu Maninha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *