Brasília, 15 de novembro de 2018 - 05h25

Relações Exteriores

01 de abril de 2005
por: InfoRel
Compartilhar notícia:
A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional vai realizar no dia 6, à s 10h, audiência publica para discutir a implementação do acordo de cooperação espacial Brasil – Ucrânia, com a presença do ministro da Ciência e Tecnologia, Eduardo Campos, do presidente da Agência Espacial Brasileira, Sérgio Gaudenzi e o embaixador do Brasil em Kiev, Renato Marques, além do Comandante da Base de Alcântara, Coronel Francimar Nogueira Ventura.

Ainda sem data marcada, também será realizada audiência pública sobre o Haiti, com a presença do ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, e com o comandante da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti [Minustah], general Augusto Heleno Ribeiro Pereira. O objetivo dessa audiência é avaliar a situação interna do Haiti e a atuação dos militares brasileiros naquele paà­s.

Em junho, a Organização das Nações Unidas [ONU], vai decidir se prorroga ou não a Minustah. O general Heleno Ribeiro também pode ser trocado pelo Conselho de Segurança da ONU. Os deputados estão preocupados com a elevação dos nà­veis de tensão no paà­s e temem que as eleições marcadas para novembro, não possam ser realizadas.

Também foi aprovado requerimento de informações da deputada Maninha [PT-DF], ao Ministério da Defesa, Força Aérea Brasileira e à  Polà­cia Federal, sobre os resultados dos seis meses de vigência da Lei do Abate.

Segundo a deputada. "seis meses desde sua entrada em vigor, são quase nulas as informações sobre sua efetiva utilização ou sua eficácia, por isso, é fundamental termos acesso a todos os dados e informações sobre o que a vigência da lei mudou no cenário do narcotráfico no Brasil", argumentou.

Por outro lado, os deputados rejeitaram o requerimento do deputado Antonio Carlos Pannunzio [PSDB-SP], que pretendia convidar o assessor internacional da Presidência, Marco Aurélio Garcia, para esclarecer a suposta ligação do governo com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia [Farc].

Pannunzio afirmou que Garcia teria oferecido a colaboração do governo brasileiro para viabilizar um encontro entre autoridades do governo colombiano e integrantes da guerrilha.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...