Brasília, 19 de novembro de 2018 - 06h20

Livre Comércio

04 de novembro de 2016
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - A ministra de Relações Exteriores da Argentina, Susana Malcorra, reuniu-se nesta quinta-feira, 3, com um grupo de parlamentares europeus com quem discutiu aspectos ligados às negociações entre o MERCOSUL e a União Europeia para um tratado de livre comércio. Ao final, concluíram que se existe uma aceleração do diálogo com boas perspectivas, também é certo que persistem as objeções.



De acordo com a chancelaria argentina, participaram do encontro, os presidentes da Comissão de Comércio Internacional, Bernd Lange, e da Delegação para os países do MERCOSUL, Francisco Assis, para quem, apesar das resistências, “no final prevalecerá a vontade política dos europeus de aprofundar a aliança com a região”.



“Nunca chegaremos a nenhum acordo comercial com ninguém se não estamos dispostos a enfrentar resistências internas, seja na Europa ou no MERCOSUL; se somos reféns de interesses, por mais válidos que sejam, não vamos poder avançar, sou muito otimista”, afirmou Assis.



Segundo Susana Malcorra, “chegado o momento, teremos que tomar algumas decisões políticas para as quais haja um reconhecimento de que não será possível atender em 100% as aspirações de todos os setores”.



Ela reconheceu que a questão agrícola segue como grande entrave para que as negociações avancem e possam ser concluídas. Para Malcorra, “o tema agrícola é o mais complexo, no qual a Europa pode sentir um impacto com a assinatura do acordo, mas temos que chegar a um entendimento de que este é um acordo de índole estratégica tanto para a Europa como para o MERCOSUL e não pode ser um acordo de soma zero”, explicou.



Bernd Lange, por sua vez, mostrou-se satisfeito de que se haja “renovado a oportunidade de avançar na relação em um mundo globalizado em que necessariamente vivemos. Além disso, é necessário estabilizar a relação econômica com base em um intercâmbio comercial justo e bom e este é um grande passo na direção correta”, afirmou.



As duas partes voltam a reunir-se em março, em Buenos Aires, quando deverá ocorrer uma nova troca de ofertas. Susana Malcorra revelou ainda que o presidente Mauricio Macri tem uma série de viagens previstas para a Europa no ano que vem e que não descarta ir a Bruxelas para tratar do acordo, considerado prioritário para o governo argentino.


Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...