Brasília, 13 de dezembro de 2018 - 19h40

Chile corta recursos milionários das Forças Armada

26 de janeiro de 2011
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

O presidente Sebastián Piñera, preocupado com os casos de corrupção no meio militar, determinou que a Corporação do Cobre deixe de entregar os 10% que as Forças Armadas recebiam pela exportação do cobre.



Com a decisão, os militares chilenos perderão o direito de administrar um orçamento milionário.



Enquanto isso, no Congresso a oposição trabalha para derrubar a lei instituída durante a ditadura do general Augusto Pinochet (1973-1990).



De acordo com a lei do cobre, a estatal que explora o metal era obrigada a entregar ao Exército, Marinha e Aeronáutica, 10% de seus lucros.



O dinheiro era gasto segundo critérios próprios das Forças Armadas que não prestavam contas à Controladoria-Geral do Estado.



Piñera acredita que a medida irá conferir maior transparência aos recursos fiscais.



A partir de agora, os 10% das Forças Armadas serão aplicados em investimentos no exterior e no Banco Central do Chile.



Recentemente, oficiais do Exército chileno foram apanhados em atos de corrupção com dinheiro do cobre.



Uma mansão de US$ 1 milhão foi comprada para o então chefe do Estado-Maior.



Força Aérea uruguaia vai vender serviços



A Força Aérea do Uruguai (FAU) instruirá técnicos para a aviação militar e civil, incluindo controladores de vôo dos países sul-americanos como forma de gerar ingressos para o seu orçamento.



Para tanto, será criado um centro de ensino que oferecerá cursos de bacharelado em mecânica de aviação e controle de tráfego aéreo.



A venda de serviços pela Força Aérea Uruguaia vem sendo estudada desde junho do ano passado.



Além disso, a FAU pretende instalar oficinas mecânicas para atender aeronaves da Argentina, Brasil e Chile.



O Uruguai também participará do desenvolvimento do caça IA-58 Pucará, da Força Aérea Argentina.

Assuntos estratégicos

Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Brasília – O Projeto de Lei que proíbe a concessão de visto e determina a...
Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasília – O governo federal, por meio da Agência Espacial Brasileira (AEB) quer...
Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...