Cooperação
10/10/2005
Unitas 2005
10/10/2005

Comércio Exterior

CNI quer estreitar relações com Portugal, Itália e México

O presidente da Confederação Nacional da Indústria [CNI], Armando
Monteiro Neto, buscará estreitar as relações empresariais do Brasil
e do México durante o X Meeting International, que está sendo realizado em
Cancun e reúne as 150 maiores empresas brasileiras e as mais importantes corporações mexicanas.

Segundo ele, “é uma oportunidade de estreitar as relações Brasil-México através de um contato direto entre as empresas brasileiras e mexicanas. Daí resultarão, sem dúvida, possibilidades de ampliar o comércio bilateral, como também o trabalho de atrair investimentos para o Brasil”.

Na avaliação de Monteiro Neto, “há possibilidades imensas de ampliar esse intercâmbio na área de serviços de telecomunicações, onde já existem grandes investimentos de mexicanos no Brasil”.

De acordo com a CNI, os mexicanos têm interesse em investir em obras de infra-estrutura no Brasil, nas áreas de energia, telecomunicações e de transmissão energética e de dados.

Nesta segunda-feira, o presidente mexicano, Vicente Fox,
participou de almoço com os participantes do encontro mexicano, incluindo o vice-presidente brasileiro, José Alencar, e os ministros de Turismo, Walfrido dos Mares Guia, e de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan.

Monteiro Neto também acompanhará o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nas viagens a Portugal e à Itália, previstas para os próximos dias. “Farei uma palestra em Portugal, sobre as possibilidades de investimento no Brasil, dando uma visão da atual situação da economia brasileira e das oportunidades”, explicou.

Ele acrescentou que na Itália representará o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas [Sebrae] em um encontro internacional que discutirá experiências realizadas no mundo todo para beneficiar esse setor específico.

A busca brasileira pelo estreitamento das relações empresariais em
âmbito internacional também será estendida aos portugueses. Monteiro Neto
disse que assinará com a Associação Industrial Portuguesa [AIP] um
protocolo de cooperação.

A oficialização desse compromisso acontecerá na cidade do Porto na
próxima quinta-feira, 13, cinco dias antes da realização da II Conferência Nacional sobre América Latina, marcada para Milão. “A Itália é um país que tem muito a nos ensinar quanto ao desenvolvimento das micro e pequenas empresas. Lá, elas têm uma grande participação na economia”, destacou Armando Monteiro Neto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *