Colômbia, Brasil e Estados Unidos realizam Operação Espada

Neste domingo, 26, militares da Colômbia, Brasil e Estados Unidos participaram no Forte Militar de Tolemaida, Melgar, cidade distante 123 km de Bogotá, da Operação Espada, o primeiro exercício militar de assalto aéreo em que participaram 75 paraquedistas colombianos e norte-americanos. Os militares brasileiros atuaram como observadores e as manobras tiveram como principal objetivo, fortalecer a interoperabilidade das forças militares envolvidas.

O exercício chamou a atenção por realizar-se poucos dias após a III Conferência Hemisférica de Luta Contra o Terrorismo, evento que teve como ponto alto, o debate em torno da presença, na Venezuela, de militantes do Hezbollah libanês. O ministro da Defesa da Colômbia, Carlos Holmes Trujillo, e o Embaixador dos Estados Unidos na Colômbia, Philip Goldberg, acompanharam os exercícios. Goldberg reconheceu que a “Venezuela representa uma ameaça e um risco para a região”, mas evitou relacionar a Operação Espada com uma possível intervenção militar dos Estados Unidos naquele país.

Marcelo Rech – 28/01/2020

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *