Relações Exteriores

Discurso do presidente Lula por ocasião da visita
28/07/2010
Plano de Paz: verdades e mentiras
28/07/2010

Colômbia descarta Plano de Paz venezuelano

Colômbia descarta Plano de Paz venezuelano

Desde a última segunda-feira, o ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Nicolás Maduro, percorre a região em busca de apoio para a reunião extraordinária de chanceleres da União das Nações Sul-Americanas (UNASUL), que acontece na quinta-feira, 29, em Quito.

Maduro já esteve com os presidentes Lula, Cristina Kirchner, José Mújica, Fernando Lugo, Evo Morales e o Secretário-Geral da UNASUL, Nestor Kirchner, além dos ministros de Relações Exteriores do Chile e do Peru.

De acordo com a assessoria de Maduro, durante os encontros ele está apresentando uma proposta de paz para o conflito colombiano.

O governo venezuelano assegura que as denúncias apresentadas pela Colômbia na Organização dos Estados Americanos (OEA) são falsas, mas até o momento não apresentou respostas claras a respeito.

Em Brasília, o presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, afirmou que Colômbia e Venezuela podem chegar a um acordo no encontro da UNASUL.

Na sua avaliação, os dois países são parte de um processo de integração que precisa continuar para o bem de toda a América Latina.

O encontro da UNASUL no Equador pretende ainda fortalecer a região como mediadora e interlocutora de seus próprios conflitos, deixando os Estados Unidos e a União Européia de fora.

Plano de Paz

Nesta quarta-feira, a chancelaria colombiana rechaçou completamente qualquer possibilidade de firmar um acordo de paz com as guerrilhas das Farc e ELN, como tenciona propor a Venezuela no encontro de Quito.

O presidente Álvaro Uribe já deixou claro que não está de acordo com qualquer iniciativa nesta direção. Ele deixa o cargo no dia 7 de agosto.

Para Uribe, o que as guerrilhas querem é tempo para respirar e reorganizar-se, a exemplo do que ocorreu na época do governo Pastrana, com a chamada Zona de Distensão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *