Brasília, 14 de novembro de 2018 - 05h54

Comunicado Conjunto Brasil - Nigéria

30 de julho de 2009
por: InfoRel
Compartilhar notícia:
Por convite de Sua Excelência, Senhor Luiz Inácio Lula da Silva, Presidente da República Federativa do Brasil, o Presidente e Comandante-em-Chefe das Forças Armadas da República Federal da Nigéria, Sua Excelência Alhaji Umaru Musa Yar’Adua, realizou Visita de Estado ao Brasil em 29 de julho de 2009.

2. A visita é uma afirmação das densas e cordiais relações bilaterais existentes entre o Brasil e a Nigéria.
A visita permitiu aos paà­ses ampliar seu diálogo fraterno em um ambiente de confiança mútua, com vistas ao fortalecimento dos laços de cooperação em áreas-chave de interesse comum.

3. A visita permitiu aos paà­ses valioso intercâmbio de visões e idéias sobre o desenvolvimento de diálogos setoriais em novas áreas de cooperação, como energia e integração regional. Permitiu ainda progresso na implementação de diálogos setoriais em áreas de cooperação previamente acordadas.

Foi ainda acertado que os dois governos farão todos os esforços para a abertura, no mais breve prazo, de uma conexão aérea direta entre Brasil e Nigéria.

4. Foram discutidos vários temas de interesse comum da agenda internacional.

Os Presidentes ressaltaram seus valores comuns e reiteram seu comprometimento com o desenvolvimento e a justiça
social para seus povos e com o fortalecimento da cooperação multilateral em defesa da paz e da segurança internacionais.

5. Os Presidentes reiteraram sua preocupação com a Mudança do Clima e defenderam maior comprometimento global, especialmente dos paà­ses desenvolvidos, para reduzir as emissões de gases que provocam o efeito estufa.

Incitaram a comunidade internacional a encontrar soluções duradouras para o problema da Mudança do Clima sob o princà­pio de “Responsabilidades Comuns mas Diferenciadas e Respectivas Capacidades”, conforme a Convenção-Quadro das Nações Unidas Sobre Mudança do Clima”.

6. Os Presidentes notaram, com satisfação, o crescimento do comércio bilateral e do fluxo de investimentos. Concordaram em incrementar seu comprometimento em trabalhar pela conclusão exitosa da Roda do Desenvolvimento de Doha, de acordo com os interesses dos paà­ses em desenvolvimento.

7. Os Presidentes expressaram satisfação com o fato de que, além dos instrumentos bilaterais já existentes, Brasil e Nigéria assinaram novos acordos nas áreas de Energia, Esportes e Biotecnologia.

Os Presidentes observaram que esses acordos serão instrumentais no desenvolvimento da cooperação entre Brasil e Nigéria.

8. Os Presidentes ressaltaram a urgência em alcançar, com a maior brevidade possà­vel, uma reforma significativa do Conselho de Segurança das Nações Unidas, e comprometeram-se a fazer o possà­vel para atingir esse objetivo.

Reiteraram que qualquer reforma do Conselho de Segurança deve incluir maior representação de paà­ses em desenvolvimento em categorias permanente e não permanente de filiação, de maneira a tornar o órgão mais representativo, legà­timo e efetivo.

Os Presidentes concordaram, ainda, em continuar a trabalhar para atingir resultados concretos nas negociações correntes sobre o assunto na Assembléia Geral das Nações Unidas.

9. Os Presidentes reafirmaram suas disposições, como coordenadores regionais do Fórum ASA, em promover as relações América do Sul-àfrica.

Reiteraram seu compromisso com o Fórum e concordaram quanto à  necessidade de fomentar um diálogo regional constante entre os Paà­ses-Membros da ASA.

Comentaram a Cúpula ASA a ser realizada em Caracas em setembro próximo, e reconheceram os esforços da Secretaria Pro Tempore para organizar, com êxito, o evento e suas reuniões preparatórias.

10. Os Presidentes notaram a entrada em vigor do Acordo Sobre Isenção de Vistos para Portadores de Passaportes Diplomáticos, Oficiais e de Serviço.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...