Brasília, 15 de novembro de 2018 - 05h21

Relações Exteriores

24 de abril de 2005
por: InfoRel
Compartilhar notícia:
Depois de elogiar o Programa Nuclear Brasileiro em visita à  Rússia, a Secretária de Estado dos Estados Unidos, Condolezza Rice chega à  Brasà­lia na próxima terça-feira, 26, e fica até quarta-feira.

Além de tratar de temas ligados à  retomada das negociações para a criação da àrea de Livre Comércio das Américas [Alca], Rice também deverá tratar de democracia, venda de aviões para a Força Aérea Brasileira e a cooperação do Brasil com a Agência Internacional de Energia Nuclear [AIEA].

Desde que assumiu a pasta no lugar do general Colin Powell, em janeiro, é a primeira vez que ela vem ao Brasil. Condolezza Rice terá encontros com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o chanceler Celso Amorim. O giro da Secretária de Estado pela América Latina vai até o dia 30 e inclui visitas à  Colômbia, Chile e El Salvador.

A embaixada norte-americana informa que Condolezza Rice deverá fazer um pronunciamento sobre a polà­tica externa norte-americana, com ênfase na preocupação com as instabilidades polà­ticas na região, sobretudo na América do Sul, onde os Estados Unidos mantém uma relação conflituosa com a Venezuela e acompanham as crises no Equador, Peru e Bolà­via.

Ela também deverá tratar da reforma do Conselho de Segurança das Nações Unidas. No mês de março, esses temas foram discutidos com o ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, em Washington. Rice quer saber detalhes sobre a Cúpula América do Sul – Paà­ses àrabes e a visita do presidente George W. Bush ao Brasil em novembro.

O convite foi feito por José Dirceu, aproveitando que o presidente Bush estará na Argentina em novembro, quando participará da reunião de Cúpula das Américas.

Esses temas já foram tratados pelo Secretário de Defesa Donald Rumsfeld, que visitou o Brasil em março. Especula-se que os Estados Unidos teriam uma nova proposta para fornecer aviões de caça para a FAB. A licitação do programa FX foi encerrada depois de dez anos sem que o Brasil tenha comprado qualquer avião para substituir os Mirages.

Condolezza Rice poderá apresentar uma nova proposta que inclui 12 aeronaves modelo F-16 usadas, por US$ 300 milhões. O pacote incluiria ainda, três aviões-cisterna KC-135. No entanto, as demais empresas que participaram da licitação dos caças também mantém a pressão.

A Saab/BAe, quer alugar 12 caças JAS-39 Gripen por US$ 80 milhões ao ano. A França oferece 12 Mirage 2000-5 que operavam na Força Aérea Francesa, por US$ 180 milhões.

Resta saber se os Estados Unidos estariam dispostos a garantir a transferência de tecnologia e o fornecimento do mà­ssil ar-ar inteligente AIM-120 Amraam. Quando participaram do processo de licitação do FX, os norte-americanos não aceitaram nenhuma das duas exigências.

Por enquanto, a FAB vai se contentando com a revitalização dos F-5 pela Embraer. Os aviões estão sendo modernizados para substituir os Mirages.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...