Brasília, 17 de novembro de 2018 - 05h50

Congresso autoriza aumento das tropas no Haiti

25 de janeiro de 2010
por: InfoRel
Compartilhar notícia:



A Comissão Representativa do Congresso Nacional, integrada por 24 deputados e oito senadores, aprovou na tarde desta segunda-feira, o pedido do governo de mais 1,3 mil militares para a missão no Haiti.



Desse total, 900 serão enviados imediatamente. Serão 750 militares de infantaria e 150 da Polícia do Exército.



Pela proposta, o Brasil deixa 400 militares na reserva que podem ser enviados a qualquer momento.



O ministro da Defesa, Nelson Jobim, que se encontra em Tel Aviv, negociou a proposta com o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) e com membros da oposição que prometeram não criar dificuldades.



Os problemas para o governo devem vir após o recesso parlamentar.



Deputados e senadores querem discutir também o aumento dos recursos repassados ao Haiti.



Alguns partidos como o PSOL e o PSTU vão cobrar a retirada das tropas brasileiras que entendem ser de ocupação.



Nesta segunda-feira, o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, participa em Montreal (Canadá), da conferência dos países doadores.



Ele esteve em Porto Príncipe no final de semana e pretende cobrar mais dinheiro para a reconstrução do país.



Amorim também vai defender mudanças no mandato da Minustah.



Para o governo brasileiro, o trabalho das tropas das Nações Unidas não podem se restringir à segurança. Os militares devem atuar na reconstrução do Haiti.



A mudança precisa ser aprovada pelo Conselho de Segurança da ONU e uma proposta brasileira neste sentido será apresentada ao organismo em breve.



Atualmente, o Exército brasileiro mantém uma companhia de engenharia no Haiti com 250 homens. Entre outras coisas, atuam na recuperação de estradas e na construção de escolas.



Com a mudança no perfil da Minustah, os 17 países que integram a missão também deverão enviar companhias de engenharia ao Haiti.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...