Agenda

Retirada de tropas do Haiti será discutida em Mont
01/09/2011
Fronteira
31/10/2011

Congresso quer explicações sobre Manual de Contra-

Congresso quer explicações sobre Manual de Contra-Inteligência

Brasília – O ministro da Defesa, Celso Amorim, terá de explicar às comissões de Relações Exteriores da Câmara e do Senado, se de fato o Exército possui um Manual de Campanha – Contra-Inteligência, com normas e instruções sobre ações de espionagem interna.

No dia 9, Amorim falará na Câmara. Sua ida ao Senado ainda não está marcada.

A Comissão de Relações Exteriores do Senado aprovou ainda requerimento de informação ao ministro da Defesa, sobre a existência do Manual.

A informação sobre o documento foi revelada pela revista Carta Capital de 19 de outubro. O Senado quer saber se o governo confirma a existência do Manual, se Marinha e Aeronáutica possuem documento semelhante e se as orientações listadas serão mantidas.

De acordo com a publicação, o Manual teria sido produzido em 2009 sob o governo Lula e o conhecimento do então ministro da Defesa, Nelson Jobim. Teria 162 páginas e estaria classificado como “reservado”.

A possibilidade de o Exército poder espionar qualquer cidadão preocupa o Congresso. O Manual consideraria toda pessoa não fardada, nacionais e estrangeiros, como potenciais inimigos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *