Brasília, 17 de novembro de 2018 - 14h18

Conselho de Administração do FOCEM

20 de dezembro de 2010
por: InfoRel
Compartilhar notícia:



O Conselho de Administração do Fundo para a Convergência Estrutural do MERCOSUL (FOCEM), criado pela Decisão CMC 01/10 e integrado pelos Coordenadores Nacionais do GMC, reuniu-se pela primeira vez em Foz do Iguaçu para avaliar o funcionamento do Fundo neste semestre, com base em relatório apresentado pela Comissão de Representantes Permanentes do MERCOSUL (CRPM), que gerencia o Fundo.



 



O FOCEM é constituído por contribuições regulares anuais no valor de US$ 100 milhões, dos quais US$ 70 milhões do Brasil, US$ 27 milhões da Argentina, US$ 2 milhões do Uruguai e US$ 1 milhão do Paraguai. Está autorizada, também, a realização de contribuições voluntárias dos Estados Partes.



 



Com a aprovação, pelo Conselho do Mercado Comum de Foz do Iguaçu, de mais dois projetos (para a reabilitação de ferrovia no Uruguai e para o saneamento básico na cidade de São Borja-RS), o FOCEM, com menos de quatro anos de funcionamento, passa a contar com carteira de 36 projetos aprovados, que totalizam US$ 1,08 bilhão, dos quais quase US$ 800 milhões constituem recursos do FOCEM.



 



O Paraguai é o principal beneficiário do FOCEM, com 16 projetos aprovados, que totalizam US$ 583 milhões em recursos doados pelo Fundo (73% do total dos recursos já distribuídos). O segundo maior beneficiário é o Uruguai, com US$ 147 milhões de recursos doados pelo FOCEM para oito projetos (18% do total). Outros US$ 14 milhões foram destinados ao projeto pluriestatal Programa de Ação MERCOSUL Livre de Febre Aftosa (PAMA).



 



Os projetos do FOCEM têm ajudado a enfrentar os desafios decorrentes das assimetrias entre os Estados Partes do MERCOSUL, beneficiando áreas como transporte, energia, habitação, saneamento ambiental, incentivos às pequenas e médias empresas, integração produtiva, educação. Dentre os 36 projetos FOCEM, cabe destacar os seguintes:



 



a) Projeto brasileiro-paraguaio de construção da linha de transmissão Elétrica de 500 kV entre Itaipu e Villa Hayes, nas proximidades de Assunção, com custo total de US$ 555 milhões, dos quais US$ 400 milhões em recursos do FOCEM;



 



b) Projeto paraguaio de reabilitação e pavimentação asfáltica do trecho Concepción-Puerto Vallemí, orçado em US$ 100 milhões, dos quais US$ 75 milhões em recursos do FOCEM;



 



c) Projeto uruguaio de interconexão elétrica de 500 MW Uruguai-Brasil, no valor total de US$ 98 milhões, com US$ 83 milhões em recursos do FOCEM;



 



d) Projeto uruguaio de reabilitação da linha ferroviária de Rivera, no valor de US$ 75 milhões, com US$ 50 milhões de recursos do FOCEM;



 



e) Projeto argentino de ampliação e adequação em estabelecimentos de ensino obrigatório na Província de Santa Fé, no valor total de US$ 8 milhões, com US$ 5,2 milhões em recursos do FOCEM;



 



f) Projeto argentino de interconexão elétrica de 132 kV entre Ibera e Paso de los Libres Norte, orçado em US$ 19 milhões, com US$ 13 milhões em recursos do FOCEM;



 



g) Projeto brasileiro de implantação da Biblioteca e do Instituto MERCOSUL de Estudos Avançados da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), orçado em US$ 22 milhões, com US$ 17 milhões em recursos do FOCEM;



 



h) Projetos brasileiros de saneamento básico em Ponta Porã (MS) e São Borja (RS), que receberão, em conjunto, US$ 11 milhões de recursos do FOCEM;



 



i) Projetos brasileiros de integração de cadeias produtivas nos setores automotivo e de petróleo e gás, que receberão US$ 5,3 milhões de recursos do FOCEM.



 



O Conselho de Administração do FOCEM voltará a se reunir no final do próximo semestre.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...