Programa FX2
14/09/2009
Brasil e Portugal firmam cooperação para a África
14/09/2009

Conselho Sul-Americano de Defesa discute bases

Conselho Sul-Americano de Defesa discute bases

Nesta terça-feira, 15, os chanceleres e ministros da Defesa da União das Nações Sul-Americanas (Unasul), discutem o pacto militar firmado entre Colômbia e Estados Unidos.

O Brasil quer que a Colômbia explique melhor o acordo de cooperação que vai permitir o uso de sete bases militares do país por soldados e civis norte-americanos.

Na semana passada, o ministro das Relações Exteriores da Colômbia, Jaime Bermúdez, esteve em Brasília, mas descartou que o seu país vá apresentar garantias por escrito de que a cooperação se restringirá ao território colombiano.

O Brasil ainda pretende apresentar uma proposta obrigando os membros da Unasul a prestarem contas de todos os acordos militares que firmarem com países de fora da região.

Além disso, quer que os gastos militares e a origem dos respectivos arsenais sejam divulgados no âmbito do bloco regional.

O Equador que preside a Unasul, propõe a criação de um código de conduta regional para as compras militares e de um mecanismo permanente do Conselho Sul-Americano de Defesa capaz de gerar confiança na região.

Acordo militar

O ministro Celso Amorim explicou que o Brasil não vai interferir num acordo bilateral, mas que é preciso esclarecer o que os 800 militares e 600 civis norte-americanos vão fazer na Colômbia.

Ele teme que em nome da democracia e da liberdade, os Estados Unidos atuem fora do território colombiano em ataques aos países vizinhos.

O Brasil pressiona ainda para que acordos semelhantes não voltem a ser firmados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *