Opinião

BIRD afirma que palestinos perdem US$ 3,4 bi com r
11/10/2013
Infraestrutura
14/10/2013

Cooperação em Defesa: a Rússia aposta no seu armam

Cooperação em Defesa: a Rússia aposta no seu armamento II

Marcelo Rech

Com o seu novo blindado Tufão-U, a Rússia entra rápida e definitivamente no mercado mundial com o seu veículo multifunção, que aprovado nos testes, inclusive do Exército, mostrou as características de alto desempenho a baixas temperaturas na Sibéria e a altas temperaturas no deserto do Saara, nas planícies e nas montanhas.

Há cerca de dois anos atrás, a Rússia alcançou uma família promissora de veículos da classe Tufão. A primeira demonstração pública de veículos blindados causou uma tempestade de entusiasmo, pois o Tufão é reconhecido como um concorrente à altura no Ocidente.

O Tufão-U é protegido por uma massa impressionante de 24 toneladas em blindagem utilizando a mais avançada tecnologia de nível internacional, obtendo radicalmente o aumento da resistência.

Além da forma de V de multi-camada inferior, o piso no interior da máquina é feita de elementos elásticos, e o pessoal é acomodado em bancos de absorção de choque especial com assentos e cintos de segurança.

O Tufão-U oferece alto nível de proteção contra metralhadoras pesadas, incêndio, estilhaços de artilharia e minas terrestres.

O resultado é uma máquina que em comparação com os demais modelos análogos, os transforma em meras latas mal protegidas. Assim, o Tufão-U superou muitos veículos blindados, como por exemplo, MaxxPro, HMMWV, M113, BOXER, THOR, entre outros.

O veículo está equipado com motor diesel, desenvolvendo 450 hp. Ele proporciona uma velocidade máxima de 105 km/h e 50km/h pelo terreno acidentado e alcance de 1800 km.

O Tufão-U pode transportar 12 soldados. As tropas podem embarcar e desembarcar rapidamente por uma rampa na retaguarda do veículo. Tufão-U pode ser aerotransportado por um avião do tipo Hércules C-130 ou KC-390.

O veículo blindado desta família pode ser equipado com armas de diferentes tipos, em particular, metralhadora por controle remoto automático “Kord” de 12,7 mm ou lançador de granadas.

O carro já foi apresentado em exposições internacionais e tem sido elogiado por especialistas estrangeiros em geral.

Muitos países de diferentes regiões do planeta têm expressado interesse em adquiri-lo em grandes quantidades para fornecer alta mobilidade das suas tropas e da segurança dos seus soldados. 

Marcelo Rech é jornalista, especialista em Relações Internacionais, Estratégias e Políticas de Defesa, Terrorismo e Contrainsurgência, Direitos Humanos nos Conflitos Armados, e diretor do Instituto InfoRel de Relações Internacionais e Defesa. E-mail: inforel@inforel.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *