Defesa

Segurança e Defesa
09/12/2016
Conselho de Defesa Sul-Americano
09/12/2016

Indústria de Defesa

Cooperação em Defesa entre Brasil e Reino será intensificada

Brasília – A Cooperação em Defesa e as parcerias estratégicas neste setor entre Brasil e Reino Unido serão intensificadas e retomadas. Foi o que decidiram os ministros da Defesa, Raul Jungmann, e o ministro de Estado para o Comércio Internacional do Reino Unido, Liam Fox, que se reuniram nesta quarta-feira, 7, em Brasília. Eles também afirmaram que um acordo bilateral entre os dois países será reativado.

Durante o encontro, Fox explicou que foi preciso ajustar os gastos das Forças Armadas britânicas em relação ao orçamento, enquanto Jungmann reconheceu que o Brasil atravessa uma crise financeira e lembrou que, entre 2008 e 2009, o governo brasileiro resolveu expandir os gastos e, nos dias atuais, é necessária a revisão para moldá-los à realidade fiscal.

Além disso, disse Jungmann, as Forças Armadas têm em seus quadros militares temporários, com contrato de até oito anos, que representam menos custos para o erário. Segundo ele, ao término deste período acaba o vínculo e a permanência somente se dará por meio de concurso público.

Raul Jungmann destacou também que tem mantido diálogos constantes com ministros e autoridades de outros países como forma de assegurar o incremento de recursos para viabilizar comercialmente os produtos de defesa.

Agora, Brasil e Reino Unido irão trabalhar em conjunto para identificar segmentos da indústria de defesa que podem ser do interesse comum aos dois países e de suas respectivas empresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *