Brasília, 13 de novembro de 2018 - 01h40

Energia

09 de fevereiro de 2017
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - Teve início nesta quarta-feira, 8, em Havana, a Cúpula Cuba Oil & Gas 2017, aberta com a participação de representantes da China, Rússia, Itália, França e Reino Unido. O principal objetivo é conhecer as oportunidades de investimento na indústria cubana de hidrocarbonetos, projetos de exploração e produção, e o mercado petroquímico e de refino.



A informação é da diretora de Desenvolvimento de Negócios da International Research Networks (IRN), Paola Galanti, organizadora do evento junto com a União Cuba Petróleo (CUPET).



Durante dois dias, representantes do governo, operadores e provedores de serviços-chave, oferecerão apresentações sobre o por quê de investir em Cuba e na região neste setor.



De acordo com o vice-ministro de Energia e Minas, Rubén Cid, Cuba busca alcançar sua independência energética. Para tanto, o país possui uma estratégia para a indústria energética nacional. Cid afirmou que hoje, a esmagadora maioria da matriz energética cubana é importada, mas a Ilha já produz cerca de quatro milhões de toneladas de petróleo por ano, quantidade praticamente suficiente para a geração da energia elétrica consumida pelo seu mercado interno.



Recentemente, a CUPET assinou 42 contratos com companhias internacionais, revelou o diretor-geral adjunto da empresa, Roberto Suárez. Esses contratos pretendem fortalecer a produção de petróleo, a extração do produto não convencional, o desenvolvimento da infraestrutura petroleira e os serviços técnicos em geral.



Cuba busca ainda a transferência tecnológica para não criar dependência externa neste setor. Como parte da Petrocaribe, a Ilha deveria receber 100 mil barris de petróleo/dia da Venezuela, mas estaria recebendo menos de 8% deste montante.


Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...