Agenda

Política
25/10/2016
Investimentos
26/10/2016

Diplomacia

Cúpula Ibero-americana receberá 11 presidentes e 22 países estarão representados

Brasília – Nos dias 28 e 29 de outubro, a cidade de Cartagena de Índias, na Colômbia, receberá 11 presidentes, o Rei da Espanha e representantes de 22 países que formam o bloco, em sua 25ª Cúpula Ibero-americana. O Brasil será reprsentado pelo ministro das Relações Exteriores, José Serra.

De acordo com a chancelaria colombiana, confirmaram presença os presidentes do Peru, Pedro Pablo Kuczynski; do Chile, Michele Bachelet; do Equador, Rafael Correa; da Guatemala, Jimmy Morales; de Honduras, Juan Orlando Hernández; do México, Enrique Peña Nieto; do Panamá, Juan Carlos Varela; de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa; da República Dominicana, Danilo Medina, e de Andorra, Antoni Martí.

Assitirão ainda esta edição da Cúpula, o Rei da Espanha, Felipe VI; o primeiro-ministro português, António Luís Santos da Costa; o vice-presidente de Honduras, Omar Halleslevens; a vice-presidente da Costa Rica, Ana Helena Chacón; o vice-presidente do Uruguai, Raúl Sendic; o vice-ministro de Relações Exteriores da Bolívia, Juan Carlos Alurralde; o vice-ministro para a América Latina e o Caribe, da Venezuela, Alexander Gabriel Yánez; os chanceleres Eladio Loizaga, do Paraguai; Bruno Rodríguez, de Cuba; Hugo Martínez, de El Salvador; e Susana Malcorra, da Argentina.

A ministra das Relações Exteriores da Colômbia, María Ángela Holguín, confirmou ainda que o novo Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, assistirá à Cúpula Ibero-americana. “É um grande prazer para nós que seja o primeiro encontro dos Chefes de Estado da Ibero-América com o novo Secretário-Geral”, afirmou. Guterres assumirá o cargo no dia 1º de janeiro de 2017, em substituição do sul-coreano Ban Ki-moon.

Nesta terça-feira, 25, terão início as atividades relacionadas com o encontro, com a realização do 22º Fórum Euro-Latino-Americano de Comunicação, que discutirá o jornalismo jorvem e empreendedor. O tema principal da Cúpula Ibero-americana é “Juvetude, Empreendimento e Educação.

“Desde maio deste ano e até o final de 2016, serão realizadas reuniões ministeriais de trabalho e segurança social; cultura; administração pública;  saúde; educação; juventude, ciência e tecnologia; bem como fóruns e encontros no mais alto nível dos quais se retirarão conclusões para a reunião de Chefes de Estado e de Governo”, informou a Secretaria-Geral Ibero-americana.

A Colômbia assumiu a Secretaria Pro Tempore por um período de dois anos, durante a 24ª Cúpula Ibero-americana celebrada em dezembro de 2014 em Veracruz. Esta é a segunda vez que a Colômbia exerce o comando do bloco. A primeira experiência foi ao final da 4ª Cúpula Ibero-americana, celebrada em 1994 também em Cartagena de Índias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *