Brasília, 13 de dezembro de 2018 - 07h51

Política

17 de novembro de 2016
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - Os ministros da Defesa, Raul Jungmann, e das Relações Exteriores, José Serra, deram início na última quinta-feira, 10, à definição de uma agenda comum entre as duas áreas, com a ampliação das parcerias.



Participaram do encontro, realizado no ministério da Defesa, os comandantes do Exército, general Eduardo Villas Bôas, da Força Aérea Brasileira (FAB), brigadeiro Nivaldo Rossato, o chefe do Estado Maior-Conjunto das Forças Armadas, almirante Ademir Sobrinho, os secretários-gerais da Defesa, general Joaquim Silva e Luna, e do Itamaraty, Embaixador Marcos Galvão, o presidente do Conselho Superior de Comércio Exterior da FIESP (CONSEX), Embaixador Rubens Barbosa, o presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Embaixador Roberto Jaguaribe, além de subsecretários e chefes de departamento de várias áreas do Itamaraty.



No encontro, os comandantes militares expuseram temas das Forças Armadas que têm convergência com a agenda do Itamaraty, como a participação do Brasil em Missões de Paz da Organização das Nações Unidas (ONU), a cooperação em Defesa na América do Sul, a segurança das fronteiras, os Projetos Estratégicos das Forças Armadas, o financiamento para a Base Industrial de Defesa, a exportação de produtos de Defesa e a cooperação militar internacional, entre outros.



Raul Jungmann classificou como “histórico” o encontro e celebrou o fato de que, a partir de agora, os dois ministérios tratarão de forma mais sistemática assuntos da agenda comum. “São dois órgãos de Estado, que representam a soberania do Brasil. Daqui, vamos tirar um mecanismo de consulta permanente, no qual teremos essas duas pernas do Estado brasileiro atuando de forma mais conjugada, mais próxima, e, sobretudo, de acordo com os interesses diplomáticos, de Defesa, econômicos e comerciais do Brasil”, afirmou.



Também participaram do encontro o Secretário de Produtos de Defesa do MD, Flávio Basilio, o chefe de Assuntos Estratégicos, brigadeiro Alvani da Silva, o chefe de Operações Conjuntas, general Claudio Moura, e, representando o Comandante da Marinha, o chefe de Logística, almirante Luiz Henrique Caroli.


Assuntos estratégicos

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...