Opinião

Modernização
17/05/2014
Força Aérea Brasileira comprará mais três aviões C
19/05/2014

Diálogo em Segurança em Defesa

Diálogo em Segurança em Defesa

Marcelo Rech, especial de Bruxelas

A convite da Fundação Konrad Adenauer, participo junto com o general José Eustáquio Nogueira Guimarães, diretor do Centro para Estudos Estratégicos da Escola Superior de Guerra (ESG) e o professor Antônio Jorge Ramalho, diretor do Instituto Pandiá Calógeras, vinculado ao ministério da Defesa, do Programa “Política Externa e Segurança” que teve início neste domingo, 18, em Bruxelas, vai até o próximo sábado, 24, e incluirá ainda as cidades de Berlin e Roma.

Represento o Instituto InfoRel de Relações Internacionais e Defesa e a Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara dos Deputados onde também atuo como Assessor Internacional.

Na oportunidade, iremos dialogar com autoridades do European External Action Service, do European Union Military Staff, da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), e do European Defense Agency. Interessa, sobretudo, avaliar como o Brasil leva a cabo o processo de modernização das suas Forças Armadas e as respectivas implicações regionais e consequências para as relações entre a União Europeia e o Brasil.

Já em Berlin, o intercâmbio se dará com autoridades da Fundação Konrad Adenauer que lidam com a cooperação europeia e internacional, e a unidade responsável pela América Latina. No ministério da Defesa alemão, trocaremos impressões e percepções com os oficiais responsáveis pelos assuntos de Política de Segurança e o Grupo de Pesquisa América.

Junto à chancelaria alemã, o diálogo será com os membros da Divisão de Questões Fundamentais da Política de Defesa e Segurança, Aliança Atlântica e suas relações com os estados parceiros da OTAN, relações e consultas bilaterais de política de segurança.

Na Academia Federal para a Política de Segurança da Alemanha, dialogaremos autoridades do Departamento de Desenvolvimento Posterior.

Além disso, estaremos com os presidentes do Grupo de Trabalho América Latina da bancada dos partidos CDU/CSU, e da Comissão de Defesa do Parlamento Alemão. Por último, discutiremos possibilidades de cooperação com o Grupo de Política Externa, Política de Segurança e Questões Globais.

Em Roma, última escala do Programa, intercambiaremos experiências com técnicos e peritos do Colégio de Defesa da OTAN.

Eventos como este fortalecem e enriquecem o debate acerca da Segurança e Defesa entre duas regiões estratégicas do planeta, permite um maior conhecimento das peculiaridades que dizem respeito às prioridades de cada um.

O Brasil, apesar da perda significativa de protagonismo internacional dos últimos anos, ainda é um ator que suscita respeito e atenção. A Europa, por sua vez, vive um momento delicado tendo a crise politica na Ucrânia como elemento-chave para o próprio futuro da Aliança Atlântica.

Marcelo Rech é jornalista, especialista em Relações Internacionais, Estratégias e Políticas de Defesa, Terrorismo e Contra-insurgência, Direitos Humanos nos Conflitos Armados, e diretor do Instituto InfoRel de Relações Internacionais e Defesa. E-mail: inforel@inforel.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *