Brasília, 18 de outubro de 2018 - 16h25

Dilma Rousseff não vai mais ao Paraguai

17 de maro de 2011
por: InfoRel

A presidente Dilma Rousseff deveria visitar o Paraguai no dia 26, mas a viagem não será mais realizada.



A informação é do embaixador do Brasil em Assunção.



De acordo com Eduardo dos Santos, não houve cancelamento, mas adiamento da viagem.



Eduardo dos Santos pediu à imprensa que não tratasse o tema como uma suspensão da visita da presidente.



Segundo ele, o dia 26 foi sugerido pelo ministro Antonio Patriota, mas as respectivas chancelarias não conseguiram conciliar as agendas dos dois presidentes.



Patriota acertou a visita da presidente no dia 17 de janeiro quando se reuniu com o chanceler paraguaio Héctor Lacognata e o presidente Fernando Lugo.



Como o governo brasileiro não conseguiu a aprovação das Notas Reversais que triplicam o valor pago pelo Brasil pela energia recomprada do Paraguai, Assunção “sugeriu” que a visita de Dilma fosse adiada.



O acordo firmado em julho de 2009 segue parado na Câmara dos Deputados.



O governo paraguaio quer evitar mais desgastes uma vez que Dilma chegaria ao país de mãos vazias.

Assuntos estratégicos

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...