Postura
01/03/2011
Militares dos EUA e da América Latina realizam man
01/03/2011

Direito à Memória e à Verdade será discutida no Me

Direito à Memória e à Verdade será discutida no Mercosul

A ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e o ministro das Relações Exteriores da Argentina, Héctor Timerman, se reuniram em Genebra nesta segunda-feira.

Na pauta, a cooperação no âmbito do Mercosul dos temas relacionados às comissões que apuram os fatos ocorridos durante os respectivos regimes militares.

O encontro contou com a participação da embaixadora do Brasil na missão brasileira na Comissão de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), Maria Nazareth Farani.

A Argentina poderá transferir os seus arquivos que tratam do desaparecimento de 14 brasileiros no país para o Brasil.

Os ministros definiram ainda a abertura de debate dentro da Reunião de Altas Autoridades de Direitos Humanos e Chancelarias do Mercosul e Estados Associados (Raad) para a discussão do tema Segurança Pública, buscando evitar a militarização das polícias na região.

De acordo com a Secretaria de Direitos Humanos, a proposta tem por objetivo encontrar soluções civis para os problemas nesta área.

Maria do Rosário e  Timerman discutiram também a possibilidade dos dois países adotarem posições conjuntas em temas de política externa em geral.

A Raad foi criada em 2005 e é realizada semestralmente para desenvolver a integração de políticas de promoção dos direitos humanos no âmbito do bloco.

O chanceler argentino afirmou que o Brasil deveria participar junto com a Argentina de um acordo de cooperação técnica para a área de Direitos Humanos voltado para ações bilaterais com países africanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *