Brasília, 13 de dezembro de 2018 - 14h57

Discurso do presidente Lula da Silva aos oficiais-

15 de dezembro de 2009
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Em primeiro lugar, quero cumprimentar os novos oficiais-generais da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, vitoriosos em um longo e criterioso processo de avaliação.



Espero que os senhores enfrentem os novos desafios que lhes serão apresentados com o mesmo talento e a mesma determinação que os trouxeram até aqui.



Gostaria de lembrar a todos que este encontro de hoje acontece num momento auspicioso. Na semana passada, enviamos ao Congresso Nacional projeto que altera a Lei Complementar 97, fortalecendo ainda mais o Ministério da Defesa.



Ainda na semana passada, tive a satisfação de saber que o Exército está recebendo o primeiro lote de 34 viaturas blindadas de combate Leopard-1A5.



Recentemente, autorizei o início do projeto Família de Blindados, de produção nacional. Até 2030, serão entregues ao Exército cerca de 3 mil blindados.



É com muito orgulho que acompanho o programa nuclear da Marinha, e acompanhei a formalização, este ano, dos contratos para a construção de um estaleiro, uma base de submarinos, um submarino com propulsão nuclear e quatro submarinos convencionais.



E no início de 2010 deveremos tomar a decisão sobre a compra dos aviões-caça para a FAB.



Estamos, assim, tornando realidade o nosso compromisso de continuar modernizando e reaparelhando as três Forças.



Meus amigos,



Como vocês sabem, faço sempre questão de viajar pelo Brasil para acompanhar, pessoalmente, o andamento dos principais programas do governo. Nessas ocasiões, posso verificar como as Forças Armadas vêm desempenhando um papel fundamental nas transformações que estão em curso em nosso país.



 



O Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC, tem recebido o apoio incondicional da Engenharia de Construção do Exército, de Norte a Sul e de Leste a Oeste.



Estou falando do trabalho em rodovias, em pontes, em ferrovias e aeroportos.  Fiquei particularmente feliz com o belo trabalho realizado nos canais, na interligação da Bacia do São Francisco, que tive o prazer de visitar em outubro.



Da mesma forma, pude me sentir reconfortado e orgulhoso ao ver as três Forças Armadas trabalhando de forma incansável, em situações extremas, como a seca do Nordeste e as enchentes desde o Sul até o Norte, Centro-Oeste e Nordeste.



Destaco, ainda, a atuação dos nossos militares nas operações de combate à dengue em diversos estados, sobretudo na Bahia; no apoio ao governo de Pernambuco, com médicos e hospitais, quando da greve do setor da Saúde; na participação no programa Forças no Esporte, que atendeu cerca de 10 mil crianças e adolescentes, oferecendo reforço escolar, cidadania e inclusão social pelo esporte em 24 estados; na ajuda permanente dos aviões do Correio Aéreo Nacional na região Amazônica, levando desenvolvimento, saúde, solidariedade e cidadania; na ajuda humanitária prestada pelos navios-hospital da Marinha, os navios da esperança, ao longo das calhas dos rios da Amazônia; no apoio em segurança e logística fornecidos às provas do Enem realizadas em todo o País.



E quero destacar especialmente a nossa participação junto à missão das Nações Unidas para estabilização no Haiti, a Minustah, seja na estabilização política institucional, seja na recuperação da infraestrutura daquele país, seja em ações sociais.



As tropas de Engenharia do Exército estão construindo estradas, recuperando e asfaltando ruas, perfurando poços artesianos, limpando canais, reformando escolas, hospitais e prédios públicos.



O reconhecimento do nosso trabalho foi, mais uma vez, confirmado pela ONU, que prorrogou a presença da Minustah até outubro de 2010.



Quero, portanto, renovar os meus votos em reconhecimento de confiança no Exército Brasileiro, na Marinha do Brasil e na Força Aérea Brasileira. Juntos estamos construindo um Brasil melhor, mais justo e mais soberano.



Quero dizer a vocês muito obrigado, parabéns mais uma vez a todos os novos oficiais-generais e a todos os seus familiares.



Luiz Inácio Lula da Silva, presidente da República

Assuntos estratégicos

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...