Brasília, 26 de junho de 2019 - 18h26

Terrorismo

12 de março de 2005 - 11:50:00
por: InfoRel
Compartilhar notícia:


O Secretário de Defesa dos Estados Unidos, Donald Rumsfeld, um dos ‘falcões’ do governo Bush, deverá visitar o Brasil até o final deste mês. Ele teria sido convidado pelo ministro da Defesa, José Alencar, com quem conversou longamente no ano passado por ocasião da Cúpula de Ministros da Defesa das Américas, realizada no Equador.

Na oportunidade, Alencar liderou o movimento dos paà­ses latino-americanos contra a proposta norte-americana de reduzir o papel das Forças Armadas na região e de transformar a Junta Interamericana de Defesa, num mero escritório dos Estados Unidos em sua luta contra o terrorismo.

Rumsfeld deve visitar Brasà­lia e a Amazônia, região que voltou a ter sua internacionalização questionada. É possà­vel que o Secretário estenda a viagem até a Argentina. As datas, entretanto, não foram confirmadas por razões de segurança. Entre os temas que devem predominar as conversas entre Rumsfeld e Alencar, está a situação da Trà­plice Fronteira.

Os Estados Unidos insistem em afirmar que a região reúne um importante foco de terroristas islâmicos, além de sair dali, grande parte dos recursos que financiam o terrorismo internacional, algo que o Brasil rejeita.

José Alencar, que dissera nesta sexta-feira que não tem o perfil para ministro da Defesa, prefere acreditar que uma polà­tica eficiente de Segurança Nacional, passa por medidas socioeconômicas capazes de manter a estabilidade polà­tica de um paà­s ou região.

Os dois ainda devem discutir temas como Haiti, Colômbia, Venezuela e o papel do Tribunal Penal Internacional. Dorme em alguma gaveta do Itamaraty, o pedido dos Estados Unidos para que os militares norte-americanos que atuarem no território brasileiro, sejam isentados de possà­veis processos no âmbito do TPI.