Brasília, 13 de dezembro de 2018 - 19h39

Economia e Comércio na agenda de Dilma na China

23 de maro de 2011
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

A presidente Dilma Rousseff visitará as cidades de Pequim, Sanya e Boal, na China, entre os dias 12 e 15 de abril, quando pretende tratar de temas econômicos com o presidente Hu Jintao e o primeiro-ministro Wen Jiabao.



Dilma Rousseff quer firmar um acordo sobre o acesso de produtos brasileiros ao mercado chinês, a pedido de empresários e em favor do equilíbrio da balança comercial bilateral.



Na oportunidade, a presidente também participará de um seminário econômico da cúpula do BRIC, bloco formado por Brasil, Rússia, Índia e China, e formalmente, a partir de abril, pela África do Sul.



Ele participará ainda de um fórum dos países asiáticos.



A China é o principal parceiro comercial do Brasil. As relações comerciais entre os dois países cresceram 47,5% ao ano nos últimos anos.



Atualmente, há um superávit de mais de US$ 5 bilhões em favor do Brasil nas relações com a China.



Em seu retorno da China, Dilma Rousseff poderá fazer uma escala na Grécia, onde deve se encontrar com o presidente, Károlos Papúlias, e o primeiro-ministro, Georgius Papandreu.



Portugal



Nos dias 29 e 30 de março, a presidente visitará Portugal, acompanhando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.



No dia 30, Lula será homenageado com o título de doutor honoris causa pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, uma das mais antigas do mundo, criada no século XIII.



Em Lisboa, Dilma Rousseff terá reuniões de trabalho com o presidente português, Aníbal Cavaco Silva, e o primeiro-ministro, José Sócrates.

Assuntos estratégicos

Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Brasília – O Projeto de Lei que proíbe a concessão de visto e determina a...
Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasília – O governo federal, por meio da Agência Espacial Brasileira (AEB) quer...
Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...