Diplomacia
04/06/2005
Diplomacia
06/06/2005

Diplomacia

Embaixador brasileiro na OEA assume o posto

O embaixador Osmar Vladimir Chohfi, que ocupava a embaixada do Brasil em Madri, é o novo representante brasileiro junto a Organização dos Estados Americanos [OEA].

Ao apresentar-se diante do Conselho Permanente, Chohfi afirmou que é necessária a adoção de uma convenção hemisférica contra o racismo, além de uma carta social hemisférica acompanhada de um plano de ação efetivo.

Segundo Chohfi, o Brasil tem o compromisso por ajudar a reforçar o papel da OEA, principalmente la luta contra a pobreza e a exclusão social. Também afirmou que o respeito aos direitos humanos, e ao desenvolvimento econômico são cruciais para o crescimento dos países americanos.

Osmar Chohfi reiterou que a OEA é considerada pelo governo brasileiro como o primeiro foro político do hemisfério, mas não explicou por que o país rechaça a participação da organização numa futura mediação em relação à crise político-institucional da Bolívia.

Ele prometeu dedicar especial atenção a iniciativas sobre o fortalecimento e a consolidação institucional da democracia, o desenvolvimento socioeconômico, a proteção aos direitos humanos e o combate aos crimes transnacionais.

Chohfi é diplomata de carreira e já ocupou diversos cargos no Itamaraty e presidência da República, onde foi assessor do ex-presidente Fernando Collor de Mello.

Já foi embaixador no Equador e na Espanha. Entre 1984 e 1985 foi o principal assessor do então secretário-geral da OEA, embaixador João Clemente Baena Soares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *