Brasília, 18 de novembro de 2018 - 21h54
Embaixador dos EUA destaca Economia Digital como fator de recuperação brasileira

Embaixador dos EUA destaca Economia Digital como fator de recuperação brasileira

02 de novembro de 2017
por: InfoRel
Compartilhar notícia:
Brasília - O momento atual para o Brasil discutir a economia digital é mais do que importante para sua recuperação econômica uma vez que o ritmo da inovação cresce a uma velocidade sem precedentes, revolucionando não apenas a maneira como nos comunicamos mas como fazemos negócios. E porque o Brasil é um dos cinco principais mercados para as maiores empresas de tecnologia do mundo, como Facebook, Netfix ou Salesforce.

A opinião é de Michael McKinley, Embaixador dos Estados Unidos no Brasil, que abordou o tema durante a Conferência sobre Economia Digital Brasil - Estados Unidos, realizado na quinta-feira, 26, pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) em parceria com o governo dos Estados Unidos.

Coordenado pelo Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior (Derex) da Fiesp, o evento reuniu líderes dos setores público e privado para a discussão sobre o futuro da economia digital, suas oportunidades, desafios, competitividade e processos regulatórios, além dos impactos de sua implementação nas indústrias.

Para o embaixador norte-americano, o Brasil não é apenas um dos cinco principais mercados como também apresenta enorme potencial de crescimento, já que apenas 60% da população brasileira está online atualmente. “Além de aumentar o investimento e acesso à internet, as tecnologias inovadoras podem elevar a produtividade. Hoje, setores inteiros estão se transformando e à medida que se tornam mais produtivos novas questões surge sobre o futuro do trabalho”, afirmou.

Holly Vineyard, primeira subscretária adjunta do Departamento de Comércio dos Estados Unidos lembrou que a economia digital é a economia mundial, reforçando a importância do encontro entre os dois países, a troca de experiências e a parceria com o Brasil para o desenvolvimento de uma regulação adequada para a economia digital. Também falou do potencial brasileiro dentro da tecnologia digital. Mario Marcolini, diretor-titular adjunto do Derex. ratificou a ideia dizendo que a economia digital talvez seja a mais importante hoje mundialmente e admite o atraso do Brasil em relação a sua implementação. Hoje, os fluxos digitais representem 10% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial, estimados em US$ 7,8 trilhões.

No Brasil, perto de 48 milhões já fizeram ao menos uma compra virtual. Estamos falando de compras digitais de R$ 44 bilhões, ou 4% do varejo brasileiro, montante ainda muito baixo se comparado a outros países.

O embaixador Mackinley lembrou que as inovações são inevitáveis e as politicas que escolhermos agora terão impacto significativo no crescimento da economia digital entre as principais economias, E, mais uma vez, citou o Brasil com destaque; “Entre as principais economias do mundo onde se prevê um grande crescimento da economia digital até 2020, o Brasil aparece em 5º lugar.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...