Relações Exteriores

Brasil e Chile querem ampliar comércio
29/07/2009
Petrobras e PDVSA buscam acordo
29/07/2009

Embaixador norte-americano no Brasil é ameaçado

Embaixador norte-americano no Brasil é ameaçado

O atual secretário-adjunto do Departamento de Estado norte-americano para as Américas, Thomas Shannon, foi indicado pelo presidente Barack Obama, para substituir Clifford Sobel, no comando da embaixada dos Estados Unidos em Brasília.

O nome de Shannon foi recebido com entusiasmo pelo Itamaraty, mas está ameaçado de não ser confirmado pelo Congresso.

Aprovado nesta terça-feira pelo Comitê de Relações Exteriores do Senado, por 14 votos contra quatro e uma abstenção, ele terá de explicar sua posição favorável ao etanol brasileiro, se quiser arrumar as malas.

O senador republicano Charles Grassley (Iowa), prometeu atrapalhar o processo. Para ele, Shannon prejudica os produtores de milho dos Estados Unidos que destinam o produto para a fabricação de etanol.

Grassley não aceita que o etanol brasileiro chegue ao mercado norte-americano sem a cobrança de sobretaxas.

Thomas Shannon havia afirmado que a redução da sobretaxa dificilmente seria conseguida no Congresso norte-americano, mas assinalou que a medida seria positiva para os Estados Unidos, uma vez que o milho que deveria alimentar a população, é destinado à produção do etanol.

O Comitê de Relações Exteriores do Senado aprovou ainda o nome do professor Arturo Valenzuela, para o lugar de Shannon.

Com 60 votos no Senado, o Partido Democrata, do presidente Obama, pode facilmente frustrar as pretensões do republicano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *