Defesa

Gigante espanhola Repsol vai intensificar negócios
29/05/2012
Brasil e Itália vão desenvolver indústria náutica
29/05/2012

Defesa

Empresas brasileiras vão desenvolver Satélite Geoestacionário

Brasília – O Satélite Geoestacionário brasileiro que atenderá às necessidades de comunicação satelital do Governo Federal, incluindo o Programa Nacional de Banda Larga e um amplo espectro de transmissões estratégicas de Defesa, será desenvolvido pela Embraer em associação com a Telecomunicações Brasileiras (Telebras).

As duas empresas assinaram nesta terça-feira, 29, o acordo de acionistas para constituição da Visiona Tecnologia Espacial S.A., empresa cujo capital social será 51% da Embraer e 49% da Telebras.

De acordo com a Embraer, a Visiona participará do Programa Nacional de Atividades Espaciais (PNAE), conforme Memorando de Entendimento anunciado em novembro de 2011.

O parque tecnológico da Visiona ficará em São José dos Campos (SP), onde também funcionará o Centro de Desenvolvimento de Tecnologias Espaciais que atuará em parceria com entidades de ensino e pesquisa aeroespacial para acelerar a capacitação do setor espacial brasileiro.

Segundo o presidente da Embraer, Frederico Curado, “este projeto representa um passo histórico para o avanço da prontidão tecnológica e industrial do setor espacial no Brasil, e a Embraer tem satisfação e orgulho de ser a parceira estratégica da Telebras e do Estado Brasileiro nesse importante desenvolvimento para nossa nação”.

Para o presidente da Telebras, Caio Bonilha, “o satélite brasileiro permitirá a ampliação do acesso à internet a milhões de lares brasileiros. Além disso, a posse e a operação de um satélite através do Brasil propiciará não somente a segurança necessária às transmissões de informações das redes estratégicas do Governo Federal, mas também a autonomia do processo de desenvolvimento tecnológico aeroespacial”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *