Brasília, 18 de novembro de 2018 - 13h34

Programa FX2

14 de setembro de 2009
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

O ministério da Defesa anunciou que as empresas finalistas do Programa FX2, têm até 21 de setembro para apresentarem novas propostas. A medida vale para a Dassault, que fabrica o Rafale, preferido do presidente Lula, para a Boeing (F18) e SAAB (Gripen).


De acordo com o MD, essas empresas poderão equiparar suas propostas à já apresentada e negociada com os franceses.


A Força Aérea Brasileira (FAB) espera que o anúncio oficial seja feito apenas após a entrega de um relatório técnico ao ministro da Defesa e ao presidente da República.


Caberá ao presidente Lula definir o modelo que será adquirido. Isso deverá ocorrer somente no final de outubro.


De acordo com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, os compromissos assumidos em 7 de setembro pelo presidente da França, Nicolas Sarkozy, devem se transformar em propostas concretas por parte da empresa Dassault. Sem isso, norte-americanos e suecos voltam à briga.


Jobim explicou que a decisão política do Brasil de ampliar sua aliança estratégica com a França está tomada, mas no caso dos caças, a empresa que fabrica o Rafale precisa melhorar as ofertas já apresentadas.


O ministro criticou aqueles que consideraram precipitado o anúncio feito por Lula após o desfile da Independência. Segundo ele, o presidente apenas informou que as negociações com a França estavam sendo retomadas.


Faltou dizer que o chanceler Celso Amorim assegurou que as negociações que estavam sendo iniciadas com os franceses não seriam feitas com norte-americanos e suecos.


“Os nossos companheiros trabalharam até quase duas horas da manhã. Eu sequer tive tempo de fazer uma reunião com o Ministro da Defesa para discutir toda a profundidade das discussões que eles tiveram. O que significa, claramente, é o que está na nota, nada mais e nem menos que isso, ou seja, nós decidimos começar as negociações para a compra do Rafale,” afirmou o presidente na coletiva com Sarkozy. 

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...