RCTV
08/06/2007
Brasil e Portugal: é preciso renovar interesses
12/06/2007

Encontro Brasil-Portugal vai gerar US$ 25 milhões

Encontro Brasil-Portugal vai gerar US$ 25 milhões em negócios

Entre os dias 23 e 24 de maio, representantes de 51 empresas brasileiras em 30 segmentos, participaram em Lisboa, do Encontro Internacional de negócios Brasil – Portugal, evento coordenado pela Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Durante os dois dias do encontro, foram realizadas 400 reuniões de negócios. Foram fechados um total de US$ 600 mil em acordos e nos próximos 12 meses, a estimativa é que sejam firmados acordos da ordem de US$ 25 milhões.

De acordo com a Apex, o encontrou reuniu grandes redes de varejo e empresas de carnes congeladas, balas e confeitos, frutas, chocolates, biscoitos, massas, pescados e camarão, sucos de frutas, utensílios domésticos, cachaça, café, orgânicos, entre outros, que vai permitir o aumento do comércio bilateral, com uma melhor imagem do produto brasileiro no exterior.

Segundo Juarez Leal, coordenador da Unidade de Eventos Internacionais da Apex-Brasil, “a política econômica portuguesa propicia não apenas um intercâmbio comercial com os outros países da União Européia, como também é uma janela aberta a outros mercados de língua portuguesa como Angola, Moçambique e Cabo Verde”.

Os empresários ainda destacaram a importância dos encontros promovidos pela agência, que desburoctariza os contatos e facilita o intercâmbio entre empresários e empresas.

A Apex-Brasil começou a organizar o encontro em 2006. O objetivo era apresentar aos supermercadistas portugueses, o potencial das empresas brasileiras dos ramos de chocolate e doces, frutas e polpas, água de coco, biscoitos, castanhas de caju, orgânicos, massas, pescados, sopas, barras de cereal, cachaça, mel, açúcar, ervas aromáticas, café, carnes de frango e bovina.

Além dessas, integraram a comitiva brasileira representantes de indústrias dos setores de material de limpeza, móveis, produtos de jardinagem, produtos de higiene pessoal e cosméticos, utensílios domésticos em madeira e plástico, artesanato e embalagens descartáveis e filme PVC.

Intercâmbio comercial Brasil – Portugal

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comercio Exterior informou que em 2006 as exportações brasileiras para Portugal foram de US$ 1,46 bilhão. No mesmo período, o Brasil importou de Portugal pouco mais de US$ 312 milhões, o que gerou, ao longo de 2006, um saldo positivo para a balança comercial brasileira de US$ 1,14 bilhão.

De janeiro a março de 2007, as exportações brasileiras alcançaram US$ 371 milhões e as importações, pouco mais de US$ 77 milhões, gerando um saldo superavitário para o Brasil de US$ 293 milhões.

Nos três primeiros meses deste ano, os principais produtos que o Brasil comprou de Portugal foram azeite de oliva, bacalhau e vinho. No mesmo período, Portugal comprou do Brasil, principalmente, petróleo, soja, milho, ligas de alumínio e açúcar de cana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *