Brasília, 13 de dezembro de 2018 - 21h50

Estratégia

19 de agosto de 2016
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - Os governos do Equador e da China se reunirão em outubro com o objetivo de ampliar o intercâmbio comercial e aprofundar os mecanismos de consertação política já existentes. A informação é da chancelaria equatoriana.



Nesta terça-feira, 16, o ministro de Comércio Exterior, Juan Carlos Cassinelli, e o embaixador da China em Quito, Wang Yulin, iniciaram os entendimentos. Na oportunidade, ficou definido que a Comissão Mista Bilateral será retomada e que a prioridade será abrir o mercado chinês para os produtos equatorianos como forma de equlibrar a balança comercial.



O Equador pretende ainda incrementar a venda de camarão da região de Manabí, extremamente danificada pelo terremoto do último dia 16 de abril. Aumentar a comercialização do produto seria uma forma de recuperar a economia local. Os prejuízos com o sismo alcançam os US$ 3 bilhões.



Para a China, ampliar os investimentos em Manabí é uma prioridade na relação bilateral. Além disso, Pequim também abriu linhas de crédito para que o Equador possa investir em obras de infraestrutura. Até o final do ano, o presidente chinês Xi Jianping, deverá visitar o país como forma de fortalecer o relacionamento bilateral. Ele deve visitar ainda La Paz e Santiago, além de Lima, no Peru, onde participará da Cúpula da APEC.


Assuntos estratégicos

Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Brasília – O Projeto de Lei que proíbe a concessão de visto e determina a...
Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasília – O governo federal, por meio da Agência Espacial Brasileira (AEB) quer...
Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...