Ingerência
30/07/2009
Considerações acerca da V Cúpula das Américas, Por
31/07/2009

Espanha defende acordo Mercosul – União Européia

Espanha defende acordo Mercosul - União Européia

O governo da Espanha pretende retomar as negociações entre o Mercosul e a União Européia, no início do próximo ano quando o país assume a presidência pro-tempore do bloco europeu.

A revelação foi feita nesta quinta-feira, em Brasília, pelo ministro de Assuntos Exteriores e Cooperação, Miguel Ángel Moratinos que se reuniu com o chanceler Celso Amorim.

Moratinos afirmou que a Espanha quer reiniciar as discussões ainda em 2009 para que o acordo possa ser viabilizado ainda no primeiro semestre de 2010, período em que o país comandará a União Européia.

Os entendimentos entre os dois blocos podem ser facilitados justamente por conta do impasse em relação à conclusão da Rodada Doha, da Organização Mundial do Comércio (OMC).

“As incertezas em relação à Rodada Doha nos obrigam a buscar mais empenho nesse acordo a curto prazo. Não vemos ainda com clareza que um dos atores principais já tenha se engajado verdadeiramente na Rodada Doha”, afirmou Amorim.

Na avaliação de Miguel Ángel Moratinos, a presidência espanhola da União Europeia será a oportunidade para impulsionar politicamente as negociações entre europeus e sul-americanos.

“Creio que, com vontade e impulso político, podemos fazer avançar esse acordo durante a presidência espanhola”, destacou.

“Claro que números não são coisas irrelevantes em um acordo comercial, mas o fato de estarmos trabalhando sob um quadro conceitual consensual é muito positivo”, enfatizou o ministro brasileiro.

Colômbia

Celso Amorim e Miguel Ángel Moratinos, manifestaram preocupação com o acordo militar discutido por Colômbia e Estados Unidos.

Ambos temem que haja um processo de militarização na região com o aumento de militares norte-americanos operando em três bases colombianas.

Eles também afirmaram que estão dispostos a trabalhar para que Colômbia e Venezuela retomem o caminho do diálogo.

Moratinos esteve em Caracas onde se reuniu com o presidente Hugo Chávez que, segundo ele, está disposto a conversar.

Na semana que vem, a vice-presidente do governo espanhol, Maria Teresa Fernández de la Vega, estará em Bogotá quando discutirá o assunto com autoridades colombianas.

Ela também virá à Brasília e visitará Costa Rica e Paraguai. No ano que vem, o primeiro-ministro José Luis Rodriguez Zapatero, visita o Brasil onde participa do III Fórum da Aliança de Civilizações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *