Relações Brasil-Bolívia passam por tensões
22/07/2012
Síria está fora da Cúpula América do Sul – Países
22/07/2012

Esquerda latino-americana fechada com Chávez e Fer

Esquerda latino-americana fechada com Chávez e Fernando Lugo

Brasília – Os grupos latino-americanos de esquerda concluíram nesta sexta-feira, 20, em Manágua, um encontro de três dias denominado “Vencer Unidos o Império Global”, onde renovaram o respaldo ao presidente venezuelano Hugo Chávez e ao ex-presidente do Paraguai, Fernando Lugo.

Também emitiram um Comunicado em que condenam mais uma vez os Estados Unidos pelo bloqueio econômico a Cuba e por prática de colonialismo contra Porto Rico.

Um dos objetivos principais dos grupos de esquerda da região é fortalecer a amizade e a solidariedade e combater a desinformação e o desprestígio que estariam sofrendo de parte dos meios de comunicação.

De acordo com o documento aprovado, “as transformações revolucionárias podem se desenvolver apesar do capitalismo selvagem”.

Participaram do evento 138 delegados vinculados a partidos e movimentos de esquerda da América Latina.

O encontro foi encerrado pelo presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, no momento em que o país comemorava os 33 anos da deposição do ex-ditador Anastásio Somoza, em 1979.

No encontro também foram emitidos comunicados em solidariedade ao presidente da Venezuela, Hugo Chávez, que disputa mais uma reeleição em 7 de outubro, aos cinco cubanos presos em Miami desde 1998 e ao que denominam “golpe de Estado” no Paraguai.

Para a esquerda latino-americana, é preciso fortalecer ainda a Aliança Bolivariana para a Nossa América (Alba) e a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC), para que a região consiga fazer frente à crise internacional de forma unida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *