Brasília, 13 de dezembro de 2018 - 14h58

Estados-Maiores definirão programas comuns das For

03 de maro de 2012
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - Na próxima segunda-feira, 5, o Comitê dos Chefes de Estados-Maiores das Forças Armadas, se reunirão para definir os programas comuns para a Aeronáutica, Exército e Marinha. Os militares trabalham para implementar o Plano de Articulação das Forças Singulares.



De acordo com o ministério da Defesa, pela Lei Complementar nº 136, de 25 de agosto de 2010, o comitê tem o objetivo de incrementar a interoperabilidade, ou seja, a integração entre Marinha, Exército e Aeronáutica, e é coordenado pelo chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), general José Carlos de Nardi.



No encontro serão abordados a situação do satélite geoestacionário de comunicações, a Comissão Militar de Logística (Comlog), a conjuntura dos grupos de trabalho referente aos programas e projetos comuns, os recursos orçamentários e os planos de trabalho de atualização dos manuais do EMCFA.



A primeira reunião de coordenação do comitê foi realizada em 2010 quando se discutiu a importância da união e do alinhamento das Forças para o cumprimento das determinações fixadas pela Estratégia Nacional de Defesa (END).



Pelas regras da Nova Defesa, cabe ao general De Nardi, como chefe do EMCFA, a responsabilidade pelo emprego das três Forças. Os comandantes são encarregados do seu adestramento.



Também é atribuição do chefe do EMCFA a condução das atividades de estado-maior da Defesa; da Secretaria de Ensino, Logística, Mobilização, Ciência e Tecnologia (Selom); e da Secretaria de Política, Estratégia e Assuntos Internacionais (SPEAI).

Assuntos estratégicos

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...