Brasil

EUA cobram mais pressão do Brasil sobre a Venezuela
26/06/2018
Setor privado cobra esforço do governo por acordo MERCOSUL – UE
26/06/2018

EUA pede que brasileiros não imigrem ilegalmente

O presidente Michel Temer e o vice-presidente do EUA, Mike Pence, durante declaração à imprensa, no Palácio Itamaraty.

Brasília – O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, pediu nesta quarta-feira, 26, que os brasileiros que não têm condições para imigrar legalmente, não o façam. Em declaração à imprensa no Palácio Itamaraty, ele defendeu a política de “tolerância zero” implementada pelo governo norte-americano e apelou para que as pessoas “não arrisquem a vida” tentando entrar no país.

Segundo ele, “assim como os Estados Unidos respeitam as suas fronteiras e soberania, peço que respeitem a nossa. Como diz o presidente Donald Trump, sem fronteiras não há país”. Mike Pence explicou ainda que o fluxo migratório de países centro-americanos, por exemplo, como El Salvador, Honduras e Guatemala, chegou a 150 mil pessoas apenas nos últimos meses.

Por conta disso, reafirmou que o governo Trump segue empenhado e convencido da construção de um muro na fronteira sul com o México e que no Congresso, há um trabalho para “fechar os hiatos [legais] que ainda servem como atração às famílias vulneráveis”.

“Não arrisquem sua vida e a vida de seus filhos entrando nos Estados Unidos. Se não têm condições de entrar legalmente, não venham”, afirmou, revelando que em 2017, o país recebeu mais de um milhão de imigrantes legais.

Ele também destacou que os Estados Unidos e o Brasil estão trabalhando para reunir as famílias que foram separadas. Neste sentido, o presidente Michel Temer afirmou que o país está pronto para colaborar com o transporte dos menores brasileiros de volta ao Brasil, “se esse for o desejo das famílias”.

“Essa é uma decisão que tem que ser tomada pelas famílias. Algumas crianças e algumas famílias desejam ficar lá, mas precisam passar ainda pelos procedimentos judiciários dos Estados Unidos. Agora, aqueles que querem voltar para o Brasil, o presidente Temer colocou à disposição os meios que nós temos para isso”, confirmou o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *